Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Miguel Cardoso: "Temos uma proposta de jogo altamente aliciante, os jogadores sentem-se fascinados a jogar"

O treinador da equipa que teve mais bola, fez mais remates e bateu o pé ao Sporting como tem batido contra todos os grandes sublinhou a forma de jogar do Rio Ave - e o bem que os jogadores se sentem a jogar assim

Expresso

JOSE COELHO/LUSA

Partilhar

O estilo de jogo e a coragem do Rio Ave

"O sentimento que tenho mais neste momento não é frustração, é, essencialmente, de orgulho num conjunto de jogadores que tem encarado os desafios como hoje se viu. No sentido de intensidade de jogo e de cumprir com um conjunto de comportamentos que temos vindo a trabalhar.

Naturalmente que temos consciência dos adversários que vamos apanhando, semana a semana, mas procurámos sempre o nosso caminho. E eles responderam da forma que foi possível."

João Novais, titular pela primeira vez no campeonato

"A pensar na estabilidade comportamental da equipa, é isso que procuramos sempre. Ele e todos os jogadores trabalham afincadamente para ter oportunidades. Muitas vezes não surgem tão rápido como se quer, têm que ser resilientes. Deu uma excelente resposta, como todos os jogadores que entraram em campo. O João fez um excelente jogo."

Mais de 20 remates no jogo. Era o objetivo?

"Não,havia uma ordem para termos uma intencionalidade ofensiva quando tivéssemos a bola, que respeitasse aquilo que queríamos aproveitar no adversário e expor o que queríamos do nosso modelo de jogo. Foram 19 remates, seis na baliza, e o Sporting acertou com um na nossa baliza.

Não vivemos de vitórias morais, foram mais eficazes e parabéns por isso. Mas há que salientar uma cabal e brutal exibição desta equipa, estão de parabéns, Sinto-me muito, muito orgulhoso do meu conjunto de jogadores."

Se os jogos contra os grandes são melhores para o Rio Ave

"É importante que as pessoas percebem que há que ter ideias claras, que valorizem o futebol e que sejam positivas. Temos uma proposta de jogo altamente aliciante, os jogadores sentem-se fascinados a jogar. Naturalmente que quando jogam contra grandes e sentem que conseguem discutir os jogos, isso exalta neles um sentimento de superação.

Agora, claro que temos de encarar todos os jogos com muito respeito, isto é uma liga muito competitiva. O nosso propósito é discutir todos os jogos e acredito que os jogadores vão, semanalmente, abraçar este desafio."