Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Herrera: "Pedem-me para ir ao segundo poste e esperar por uma bola que sobre"

Pelo segundo jogo consecutivo, o médio mexicano marcou um golo no seguimento de um canto em que, entre ressaltos e toques falhados, a bola lhe foi parar aos pés, dentro da área. E foi isto que ele teve a dizer sobre isso e sobre a vitória contra o Belenenses

Expresso

FRANCISCO LEONG

Partilhar

O jogo e o resultado

"A vitória é importantíssima. Sabemos que n\ao há equipas fáceis, mas fizemo-nos fortes em casa. Temos de prosseguir esta série vencedora para continuarmos dentro do nosso objetivo."

O jogo a meio da semana e o tempo de descanso

"Tivemos um jogo difícil a meio da semana, com muita intensidade, mas creio que as grandes equipas têm de estar habituadas a isto, a jogar de três em três dias. No nosso caso, tentamos estar preparados ao máximo, em todos os aspetos. Quando começa a aparecer o cansaço, há que sacar forças da alma e continuar a lutar."

Sporting e Benfica vão jogar com Braga e Vitória

"Não penso muito nos outros. Não nos preocupamos com isso, mas sim com fazer o nosso trabalho e os outros que façam os dele."

Está a ganhar o gasto a marcar golos em cantos?

"Acho que sim, pedem-me para ir ao segundo poste e esperar por uma bola que sobre, que volte a ser cruzada ou que ali apareça nestas situações. Estou contente por poder ajudar a equipa a manter-se na liderança. Vamos felizes para esta paragem de seleções es e depois é trabalhar até ao fim do campeonato."