Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Jogadores arguidos, mais do que um jogo sob suspeita: a investigação que está a abalar o futebol português

EXCLUSIVO SIC

De acordo com uma investigação da SIC, quatro jogadores do Rio Ave foram constituídos arguidos por alegadamente terem sido pagos para perder o jogo com o Feirense da 20ª jornada da Liga da época passada. Este jogo não é caso único: outras partidas das últimas épocas da Primeira Liga estão a ser analisadas pela PJ do Porto

Partilhar

Segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017. 1309 espectadores assistiram ao Feirense - Rio Ave, no estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira. Um jogo da vigésima jornada da Primeira Liga da época passada.

Para quem esteve nas bancadas ou para quem viu através da televisão, a história do jogo foi escrita nos quase 96 minutos que o encontro durou.

Na relva, o Feirense venceu o Rio Ave por 2-1, mas os investigadores da Polícia Judiciária do Porto têm fortes indícios de que o resultado do jogo foi combinado nos dias anteriores à partida.

Pelo menos quatro jogadores do Rio Ave foram abordados por intermediários ligados ao mundo do futebol para perderem a partida com o Feirense, a troco de dinheiro.

A Polícia Judiciária já reuniu indícios consistentes da prática de crime. Os quatro jogadores do Rio Ave foram ouvidos pelo Ministério Público e constituídos arguidos.

A investigação da PJ do Porto acredita que os intermediários que abordaram os jogadores são especializados na prática do Match Fixing, em português os Jogos combinados.

Depois de aliciarem os jogadores, podem apostar a título individual ou recomendar a aposta segura a terceiros em troca de dinheiro.

As apostas podem ser feitas nas centenas de casas de apostas online de todo o mundo ou através de jogos como o Placard, com base em Portugal.

A investigação tem fortes indícios que os apostadores que arriscaram avultadas quantias no Feirense - Rio Ave já sabiam que iam multiplicar o dinheiro investido e sabiam os jogadores iam cumprir, com o combinado, dentro do campo.

  • “As apostas desportivas são um cancro”

    Futebol nacional

    David Borges esteve esta quarta-feira no Jornal da Noite, da SIC, para analisar a suspeita de quatro jogadores do Rio Ave terem recebido dinheiro para perder um jogo, na época passada. O comentador da SIC diz que este é um fenómeno que preocupa "a globalidade do futebol" e, se for provado, acredita que terá um "impacto tremendo" no futebol português. David Borges lembrou que o jogo "realizou-se sobre um manto de suspeição", depois de ter sido retirado das apostas.

  • 500 mil euros apostados na mesma tendência alerta para fraude

    Futebol nacional

    Quando há uma quantidade anormal de dinheiro apostado num mesmo sentido os alarmes de fraude soam de imediato. Foi o que aconteceu no Feirense - Rio Ave da época passada. O jogo acabou por ser suspenso dos boletins de apostas do Placar. A SIC apurou que havia 500 mil euros apostados na mesma tendência e 50 mil euros eram de um só apostador.