Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Domingos Paciência e as "faltas de clube grande e faltas de clube pequeno"

Treinador do Belenenses queixou-se aos microfones da Sport TV da diferença de critérios nas arbitragens, no final do encontro que ditou o afastamento da equipa da Taça da Liga, após o empate (1-1) com o Sporting

Expresso

Domingos Paciência é treinador do Belenenses

FRANCISCO LEONG/GETTY

Partilhar

Mau resultado...

“Dentro do objetivo que era passar, é um resultado negativo. A nossa tarefa era difícil, num grupo com Marítimo e Sporting, mas a equipa acreditou, pela quantidade de jogo ofensivo que construiu. Resultado frustrante, porque tivemos as oportunidades mais flagrantes”

… mas bom jogo

“O Belenenses teve momentos em que esteve por cima, momentos em que perdeu algum controle, em função do resultado e com a entrada de dois avançados, mas fez um bom jogo. Acabámos por sofrer um golo fortuito e marcar um golo fortuito”

Oito jogos sem vencer

“No passado não podemos mexer, temos de trabalhar no presente para mudar o futuro. E ter alguma estrelinha connosco, que também é preciso. O Belenenses não ganha os 30 jogos no campeonato e rstamos dentro daquilo que o ano passado por esta altura. Estamos a trabalhar para construir vitórias, golos e situações”

Grandes e pequenos

“Há faltas de clube grande e faltas de clube pequeno. Hoje tivemos dois lances na área que deixam dúvidas: o Coates por duas vezes, uma com a mão, outra a agarrar o Maurides. Situações que se calhar na nossa área teriam um critério diferente. O Belenenses é a única equipa que não tem um penalti esta época”