Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Entrou... saiu. Petit já não é treinador do Paços de Ferreira

A saída do treinador português ficou consumada após o empate frente ao Portimonense (1-1), num jogo da 17.ª jornada da Liga. Petit é o sexto treinador a ser dispensado esta época

Expresso e Lusa

MANUEL ARA\303\232JO

Partilhar

Depois de Vasco Seabra, Petit. Através de um comunicado, publicado no site oficial, o Paços de Ferreira informou que o treinador pediu para sair após a partida com o Portimonense, uma vontade a que a direção do clube acedeu.

Petit foi o segundo treinador do Paços esta época. Vasco Seabra começou a temporada, mas acabou por sair em outubro, devido aos maus resultados.

"A direção do FC Paços de Ferreira aproveita para publicamente manifestar o seu apreço pela forma correta, leal e profissional como Petit serviu o clube, elogiando também a forma elevada como soube estar até ao final do seu compromisso", lê-se no comunicado.

Petit torna-se assim no sexto treinador a ser dispensado na Liga NOS 2017/18, depois de Miguel Leal (ex-Boavista, entrou então Jorge Simão), Manuel Machado (ex-Moreirense, entrou então Sérgio Vieira), Ricardo Soares (ex-Aves, substituído por Lito Vidigal) e Pedro Emanuel, que deixou o Estoril nas mãos de Filipe Pedro, treinador interino que acabou por ser substituído por Ivo Vieira.

O Paços de Ferreira é, nesta altura, o 14.º classificado da Liga, estando dois pontos acima da linha de descida de divisão.