Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

A fé de Arango: pôs o Aves nas meias-finais da Taça e atravessou o campo, de uma ponta à outra, de joelhos

Cristián Arango bisou na vitória do Aves sobre o Rio Ave, nos quartos de final da Taça de Portugal, e, no final do jogo, atravessou o relvado do Estádio dos Arcos de joelhos

Expresso

O avançado colombiano Cristián Arango tem 22 anos e está emprestado pelo Benfica ao Aves

MANUEL ARAÚJO/GETTY

Partilhar

Não foi em Fátima, mas foi uma demonstração clara de fé. O Desportivo das Aves apurou-se, na quarta-feira à noite, pela primeira vez para as meias-finais da Taça de Portugal, ao vencer o Rio Ave, por 5-4, no desempate por grandes penalidades, após um 4-4 no prolongamento.

A arma secreta da equipa do Aves foi Cristián Arango, avançado colombiano de 22 anos que entrou na 2ª parte e marcou aos 90' e aos 105', permitindo então a vitória da equipa liderada por Lito Vidigal.

No final do jogo, depois dos festejos da praxe, Arango fez algo que raramente se vê num campo de futebol: colocou-se de joelhos e atravessou o relvado do Estádio dos Arcos, em Vila do Conde, de uma ponta à outra.

"Nunca deixámos de acreditar, foi um apuramento na garra e na fé", explicou no final o avançado emprestado pelo Benfica ao Aves. "É uma emoção incrível que só foi possível graças à determinação de todos, pelo que só tenho de agradecer a Deus", acrescentou Arango.

Nas meias-finais, o Aves vai encontrar outro estreante, o Caldas, do Campeonato de Portugal, que eliminou o Farense, por 3-2, após prolongamento.