Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Depois do chouriço português, as empanadas argentinas dão a liderança ao Benfica

O Benfica venceu o Portimonense, 10º classificado, em Portimão, por 3-1, e ascendeu à liderança da Liga portuguesa, à 22ª jornada

Expresso

Franco Cervi, extremo argentino do Benfica

NurPhoto

Partilhar

Na 1ª volta, quando o Benfica venceu por 2-1, com um grande golo (acidental?) de André Almeida, Vítor Oliveira disse isto: "Não fosse um grande chouriço teríamos saído daqui com outro resultado. Foi esse chouriço que decidiu o jogo".

Esta noite, em Portimão, não houve chouriços, mas houve empanadas - aquelas massas recheadas com carne que são típicas na Argentina -, distribuídas por Franco Cervi, que decidiu o jogo para o Benfica.

O extremo argentino abriu o marcador, logo aos seis minutos, com um belo remate, depois de uma entrada muito forte do Benfica, e fez o segundo golo aos 77 minutos, com outro belo remate.

Antes, aos 65', o brasileiro Felipe Macedo, tinha empatado o jogo, com um cabeceamento certeiro na sequência de um canto. Depois, o Benfica ainda sofreu, mas o sérvio Zivkovic resolveu, aos 90+5, fazendo o 3-1 final.

Com este triunfo, o Benfica assume provisoriamente o primeiro lugar, com 53 pontos, mais um do que o FC Porto, que visita no domingo o Desportivo de Chaves e conta ainda menos um jogo, e mais três do que o Sporting, que recebe o Feirense, enquanto o Portimonense permanece no 11.º posto, com 24.