Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Jorge Jesus: "O Gelson tem no coração o Rúben Semedo. Quis oferecer-lhe o golo. E sexta-feira vai para a bancada para o pé do Rúben"

Após a vitória (1-0) contra o Moreirense, com um golo aos 90'+2, o treinador do Sporting foi crítico com os adeptos que estiveram nas bancadas de Alvalade e irónico com o gesto de Gelson Martins que lhe valeu a expulsão (e a ausência do clássico contra o FC Porto)

Expresso

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Partilhar

O jogo e as expulsões

"Mais uma vitória difícil. É muito fácil expulsar jogadores do Sporting. Mais uma vez a jogar com dez. Os adeptos do Sporting não souberam ajudar, em vez de apoiar, começaram a assobiar. Jogar com onze é uma coisa, com dez é outra. Metade da equipa não pode jogar hoje, doente. Em vez de perceberem isso, foi ao contrário.

O quarto árbitro mandou o árbitro expulsar o Petrovic. Se virem as imagens, ele não toca no jogador, acho que o Tozé."

As palavras para os adeptos

"Os meus jogadores mais uma vez mostraram que são dignos de vestir esta camisola. Estamos nas frentes todas. Queremos disputar todas as competições. O Doumbia jogou meio a abanar, com febre, mas tinha de ir para o jogo. Os meus jogadores espetaculares e os nossos adeptos bateram palmas depois de estar a ganhar 1-0..."

Os meus jogadores, com nove ou dez, são uns autênticos leões e mereciam que os adeptos os ovacionassem e não que os assobiassem."

O estado atual da equipa

"Só para lembrar, o Sporting está nos oitavos da Liga Europa, está a disputar o campeonato, numa meia final da Taça de Portugal, já ganhou a Taça da Liga. Está nas frentes todas. E é isto que tem de ser qualificado e acrescentado. Esta equipa não vira a cara e merece ter sorte, ter carinho."

E o gesto que valeu a expulsão a Gelson

"O que hei de dizer? Emocionou-se. Tem no coração o Rúben Semedo. Quis oferecer-lhe o golo. E sexta-feira vai para a bancada para o pé do Rúben Semedo."