Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Dois meses. Três grandes. A(s) caminhada(s) de Benfica, Porto e Sporting até ao final do campeonato

Oito jornadas separam Benfica, Porto e Sporting do tão desejado título de campeão nacional. Os jogos fora e em casa, o dérbi, o clássico, as lesões, os quilómetros a percorrer e tudo aquilo que os três grandes vão enfrentar até aos festejos: no Marquês de Pombal ou na Avenida dos Aliados

Hugo Miguel Ferreira

A festa do Benfica no Marquês de Pombal, em 2016/17

José Oliveira

Partilhar

325. É esse o número de quilómetros que separam o Marquês de Pombal dos Aliados. Em maio, apenas uma cidade, Lisboa ou Porto, vai-se vestir com as cores do campeão nacional. Conheça a caminhada que cada um tem pela frente.

O calendário dos três grandes até final da época é muito diferente.

O Benfica, depois da deslocação deste sábado a Santa Maria da Feira, não volta a sair da zona de Lisboa, porque, além dos jogos em casa, as suas deslocações fora são aos vizinhos de Setúbal, Estoril e Alvalade.

Já o FC Porto e o Sporting têm muito quilómetros para percorrer, quer em estrada quer pelo “ar”, pois ambos têm de se deslocar à Madeira para defrontar o Marítimo.

FC Porto e Sporting terminam fora, Benfica em casa

O Benfica recebe o Moreirense em casa na última jornada do campeonato, enquanto FC Porto e Sporting terminam fora, nomeadamente em Guimarães e na Madeira, respetivamente.

A jornada 34 está agendada para o fim de semana de 13 de Maio e, no caso de o campeonato apenas se decidir nesta última jornada, o Benfica pode usufruir do fator casa, e festejar, ou não, diante de um estádio certamente esgotado.

Sábado, o FC Porto recebe em casa o Boavista, no dérbi da Invicta, e passado duas semanas desloca-se a Lisboa, para jogar o clássico contra o Benfica, jogo esse que se pode revelar decisivo nas contas do campeonato.

Semelhante situação tem o Sporting, mas neste caso com dois dérbis: o primeiro no Restelo, contra o Belenenses, e, três semanas depois, com o Benfica, em Alvalade.

Lesões e Recuperações

Em termos de lesões, o Sporting e o FC Porto mais uma vez encontram-se em situações semelhantes, ambos com quatro jogadores lesionados, de momento. No caso do FC Porto todos recuperáveis até ao clássico contra o Benfica. Alex Telles, Soares e Danilo devem recuperar até ao final deste mês e, logo de seguida, Marega, que se prevê que volte aos relvados no início de abril.

O Sporting, que tem sido assombrado por lesões durante esta época, contou recentemente com os regressos de Fábio Coentrão, Piccini e André Pinto, mas ainda não se sabe ao certo a data de recuperação de Doumbia, Podence, Rafael Leão e Bruno César.

O Benfica conta com duas baixas, sendo que Salvio deverá recuperar em breve, mas Krovinovic ainda irá estar até final da temporada sem jogar, depois de uma cirurgia ao joelho.

O caminho do Benfica

O clube da Luz tem a conquista do pentacampeonato como grande objetivo da época, depois de afastado das outras competições. Para lá chegar, conta com quatro jogos em casa​ e quatro jogos fora, e ​terá 368 quilómetros​ em deslocações. Atualmente encontra-se em 2º lugar​, a dois pontos do primeiro classificado, e conta com duas baixas: ​Salvio e Krovinovic.

Jogos em casa:

SL Benfica - V. Guimarães (28ª jornada)
SL Benfica - FC Porto (30ª jornada)
SL Benfica - Tondela (32ª jornada)
SL Benfica - Moreirense FC (34ª jornada)

Jogos fora:

CD Feirense - SL Benfica (27ª jornada) - 285 Km
V. Setúbal - SL Benfica (29ª jornada) - 50 Km
Estoril Praia - Benfica (31ª jornada) - 29 Km
Sporting CP - SL Benfica (33ª jornada) - 4 Km

O caminho do FC Porto

A última vez que o FC Porto festejou o título nos Aliados foi em 2012/13

A última vez que o FC Porto festejou o título nos Aliados foi em 2012/13

Getty

Um dos grandes objetivos portistas é voltar aos títulos e o campeonato nacional é o principal desses troféus, apesar de o FC Porto ainda estar nas meias-finais da Taça de Portugal.

Para lutar pelo título que há quatro anos “foge” para o rival Benfica, tem pela frente quatro jogos em casa​ e quatro jogos fora ​e ​conta com 1886 quilómetros​ em deslocações, tendo em conta uma ida à Madeira para defrontar o Marítimo.

Encontra-se em 1º lugar ​do campeonato, ​com uma vantagem de dois pontos sobre o segundo classificado (Benfica) e de cinco pontos sobre o terceiro classificado (Sporting).

Atualmente possui quatro baixas​ importantes no plantel: Allex Telles; Soares; Danilo Pereira e Marega.

Jogos em casa:

FC Porto - Boavista (27ª jornada)
FC Porto - CD Aves (29ª jornada)
FC Porto - V. Setúbal (31ª jornada)
FC Porto - Feirense (33ª jornada)

Jogos fora: Belenenses - FC Porto (28ª jornada) 325 Km
SL Benfica - FC Porto (30ª jornada) 315 Km
Marítimo - FC Porto (32ª jornada) 1190 Km
V. Guimarães - FC Porto (34ª jornada) 56 Km

O caminho do Sporting

Os festejos dos adeptos do Sporting no Marquês de Pombal, em Lisboa

Os festejos dos adeptos do Sporting no Marquês de Pombal, em Lisboa

José Manuel Ribeiro/Reuters

O clube leonino procura o tão desejado título de campeão nacional que há 15 anos que foge ao museu. Pela frente tem quatro jogos em casa​ e quatro jogos fora​ e conta com 1841 quilómetros em deslocações, ​incluindo uma viagem até à ilha da Madeira na última jornada.

Encontra-se em 3º lugar​ do campeonato, com 62 pontos​, menos três que o segundo classificado e menos cinco que o líder FC Porto.

Com uma época atribulada no que às lesões diz respeito, encontra-se atualmente com quatro baixas ​no plantel: Bruno César; Doumbia; Podence e Rafael Leão.

Em casa:

Sporting CP - Rio Ave (27ª jornada)
Sporting CP - FC Paços Ferreira (29ª jornada)
Sporting CP - Boavista FC (31ª jornada)
Sporting CP - SL Benfica (33ª jornada)

Fora:

SC Braga - Sporting CP (28ª jornada) 360 Km
Belenenses - Sporting CP (30ª jornada) 12 Km
Portimonense - Sporting CP (32ª jornada) 279 Km
Marítimo - Sporting CP (34ª jornada) 1190 Km