Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Dionísio Castro, candidato à presidência do Sporting: “Uma pessoa que não sabe sair não tem dignidade”

Dionísio Castro, 54 anos, candidato à liderança dos leões, diz que só Bruno de Carvalho ainda não percebeu que é o culpado da crise no Sporting e autor moral da invasão em Alcochete. Apela à sua saída, pede a Deus para Jesus não abandonar a equipa e teme que Rui Patrício não seja o único a rescindir. Elogia Frederico Varandas e revela estar a negociar com os seus apoiantes uma lista conjunta com um dos dois a presidente. “A união faz a força”, palavra do gémeo Castro, antigo recordista mundial dos 20 mil metros, marca conquistada a fazer de...lebre

Isabel Paulo

Dionísio Castro já anunciou a sua candidatura à presidência do Sporting, mas também admite integrar uma lista conjunta com Frederico Varandas

Foto D.R.

Partilhar

Em que momento decidiu candidatar-se?
Comecei a pensar que tinha de fazer algo pelo Sporting logo a seguir às declarações de Bruno de Carvalho após o jogo com o Atlético de Madrid. Foram uma falta de consideração e respeito pelos profissionais do clube, dos jogadores à equipa técnica e departamento médico. A intervenção pública nas redes sociais foi grave, ofensiva, fez mossa na equipa e veio a dar no que deu.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)