Tribuna Expresso

Perfil

Jogos Olímpicos

Cavaleira portuguesa tem um “sonho grande” para a final

Há quatro anos, nos Jogos de Londres, Luciana Diniz foi 17ª na prova individual de saltos de obstáculos. Na sexta-feira repete a final com um objetivo bem definido: “Eu tenho o sonho grande e vamos lutar por ele, para chegar lá”

Lusa

INÁCIO ROSA / Lusa

Partilhar

A cavaleira portuguesa Luciana Diniz diz que tem um "sonho grande" para a final da prova individual de saltos de obstáculos dos Jogos Olímpicos Rio 2016, para a qual se qualificou esta tarde.

"Estou muito satisfeita, porque o objetivo era a qualificação para a final e agora estamos na final, que é o meu grande sonho", afirmou Luciana Diniz, depois de cumprir, com cinco pontos de penalização, a terceira ronda de qualificação.

Um toque num dos últimos obstáculos valeu-lhe quatro pontos de penalização, mas Luciana não tem nada a apontar à sua prestação, montando a égua Fit for Fun. "Senti-a perfeita. Na verdade, acho que estava com tanta energia que a falta foi por excesso de energia. Estamos prontas para a final. Estou muito feliz mesmo", frisou.

A cavaleira portuguesa foi ainda penalizada com um ponto por excesso de tempo, ao cumprir o percurso em 82,28 segundos: "Eu fui rápida. Achei que estava dentro do tempo, mas hoje o que conta é passar para a final".

"Na final ficamos todos a zero, com o mesmo resultado, então o objetivo, mais uma vez, está cumprido", reafirmou Luciana, que repete a final de Londres 2012, concluída então no 17.º posto.

A cavaleira lembra que até agora cumpriu o que se propôs: "Primeiro, foi qualificar-me para os Jogos Olímpicos. e agora para a final. Estamos na final".

Para o dia decisivo, Luciana Diniz promete dar o seu melhor, rumo à glória olímpica: "Falta o próximo objetivo, claro. Eu tenho o sonho grande e vamos lutar por ele, para chegar lá".

A apoiá-la estão os brasileiros - o que é "muito importante" -, visto que é da 'casa', pois nasceu em São Paulo, há 45 anos, bem como aqueles que lhe são mais chegados: "A minha família toda está aqui, primos, tios, filhos".

"É muito bom, é muito bom mesmo", finalizou Luciana, que vai tentar alcançar o seu sonho esta sexta-feira, a partir das 10h locais (14h em Lisboa).

Nas três rondas de qualificação, a cavaleira lusa totalizou 13 pontos de penalização: oito na primeira, nenhum na segunda, em que conseguiu um percurso limpo, e cinco na terceira.