Tribuna Expresso

Perfil

Jogos Olímpicos

Ninguém pára Bolt: jamaicano conquista nono ouro olímpico

Usain Bolt venceu com a Jamaica a estafeta de 4x100 metros, depois de nesta edição dos Jogos Olímpicos já ter conquistado o ouro em 100 e 200 metros. “Sou o melhor. É um sentimento brilhante”. É o nono ouro olímpico do jamaicano

Expresso e Lusa

Robert Beck / Getty Images

Partilhar

"Aí têm. Sou o melhor", disse um Bolt radiante, dançando com os colegas. Não havia outra coisa a dizer: o mundo acabava de ver Usain Bolt conseguir o ouro pela terceira vez no Rio de Janeiro, o seu nono ouro olímpico no total.

O jamaicano conquistou a sua nona medalha de ouro em Jogos Olímpicos, ao vencer com a Jamaica a estafeta de 4x100 metros na madrugada deste sábado, juntando este título aos alcançados em 100 e 200 metros.

"Eu vivo para estes momentos. Isto não é real. É um sentimento brilhante", disse Bolt, citado pelo "The Guardian", momentos depois de voltar a conquistar o ouro.

Asafa Powel, Yohan Blake, Nickel Ashmead e Usain Bolt ganharam em 37,27 segundos e conseguiram arrecadar o ouro, enquanto o quarteto do Japão (Rakota Yamagata, Shota Iizuka, Yoshihide Kiryu e Aska Cambridge) ficou com a prata, com o tempo de 37,60, batendo o Canadá (Akeem Haynes, Aaron Brown, Brendon Rodney e Andre De Grasse), que correu em 37,64.

Numa corrida marcada pela desqualificação dos Estados Unidos, terceiros a cortar a meta, Usain Bolt alcançou a tripla tripla, repetindo os três títulos que já tinha alcançado nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e de Londres, em 2012.