Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Mas alguém quer saber da seleção sem o Eder? (a pergunta que ninguém quis fazer, por Lá Em Casa Mando Eu)

Andava a Catarina Pereira a pensar no seu FC Porto e em Sérgio Conceição, quando a Tribuna Expresso lhe pediu para escrever sobre o Letónia-Portugal. E, pronto, saiu-lhe isto

Catarina Pereira, Lá Em Casa Mando Eu

MIGUEL MEDINA

Partilhar

Sérgio Conceição é o novo treinador do FC Porto. Há emails com indícios de corrupção que envolvem o Benfica. A Juventus quer o Felipe, o Valência quer o Marcano, o Casillas parece estar a despedir-se todos os dias. Do Brahimi pouco se sabe, os mexicanos estão juntos e sabe-se lá quais deles voltam. Não compramos ninguém, enquanto o rival está a tentar comprar dois ou três jogadores por clube da Liga. E, no meio disto tudo, joga a seleção.

Tanta coisa importante para decidir, tanto em que refletir, e uma pessoa ainda tem de ver um Letónia-Portugal. Como se tudo isto fosse pouco! Bem, pelo menos têm a decência de não parar o campeonato por causa disto. Acho muito bem que joguem quando isso não implica deixar o meu fim de semana vazio de emoções e objetivos. Tenho pena que o Danilo e o André Silva fiquem com menos férias, claro, até porque imagino que as férias de um comendador sejam sempre numa ilha paradisíaca oferecida ao próprio por um país agradecido pela sua contribuição para o aumento da média de QI a nível mundial. Quanto ao André, dizem que marca mais quando tem Cristiano Ronaldo ao lado, o que me deixa muito mais descansada, porque cheguei a temer que nunca o veria explodir no FC Porto, mas assim sei que só nos faltam 180 milhões de euros para ir buscar o outro.

Bem, e com isto desconversei um bocado, não foi? A seleção, pois. Há tanto para dizer sobre um Letónia-Portugal! Por onde começar? Olhem, o jogo é em Riga. Estónia, Letónia, Lituânia. Talin, Riga, Vilnius. Estónia, Letónia, Lituânia. Talin, Riga, Vilnius. Parece que ainda estou a ouvir a voz da minha professora de Geografia. Nunca mais me esqueci. Foram das poucas capitais que aprendi sem recorrer ao futebol. É uma pena que os clubes bálticos não sejam famosos, podiam ajudar muitos miúdos. Lembro-me bem do brilharete que fiz numa dessas aulas. Passámos aquelas capitais mais básicas, Madrid, Roma, Londres, fácil, e a professora pôs um ar mais sério, como quem diz que agora é que vai começar:

- Alguém sabe, por exemplo, a capital da Finlândia?
- Helsínquia!

Não foi fácil explicar que o sabia porque o Benfica tinha jogado contra o HJK Helsínquia uns tempos antes, mas o que interessa é o conhecimento demonstrado, certo? Ora, isto para dizer que sempre fui, teoricamente, a favor da inserção de clubes mais dispersos pela Europa nas grandes competições, mais pelas implicações nas aulas de Geografia do que pela qualidade do futebol praticado, até que começaram a chegar coisas à Liga dos Campeões como o Ludogorets. Por amor de Deus, Ludogorets? Isto não ajuda ninguém a falar, quanto mais a tirar boa nota a Geografia.

Enfim, voltemos ao que interessa. O João Mário lesionou-se. E é uma pena, porque apesar de ele ser mais feio do que o Renato Sanches, é bom jogador. Não sendo nenhum André André, tem uma boa qualidade de passe e parece quase sempre mais inteligente do que os outros a decidir. Não quero com isto dizer que qualquer Inter de Milão poderia levar o André André por pouco mais de 45 milhões de euros, porque eu sei que temos de fazer um enorme valor em vendas, mas tenho a certeza que não o faremos a qualquer custo. Mas sinto que não era disto que eu estava a falar. Ah, sim, o Letónia-Portugal.

Viram como o Fernando Santos ficou irritado por só lhe fazerem perguntas sobre o Ronaldo? O Ronaldo está bem? O Ronaldo é o melhor do mundo? O Ronaldo vai sair do Real Madrid? O Ronaldo vai ser pai? O Ronaldo vai à Lua? Ronaldo, Ronaldo, Ronaldo, quando o que toda a gente quer saber é como anda o Éder. O Éder está bem? O Éder é o melhor do mundo? O Éder vai sair do Lille? O Éder vai ser pai? O Éder já voltou da Lua? Como assim, o Éder nem está lá?!?!? Mas está tudo doido?!?!? Isso não faz sentido!!! Tu não podes estar bem, engenheiro!!!

Eu não sou grande entendida sobre a seleção, mas julgo lembrar-me que foi o Éder que recebeu aquela bola manhosa do Moutinho, a controlou, despistou uns defesas franciús e a chutou lá para dentro com uma classe e uma confiança que fizeram de todos nós não só campeões europeus, mas sobretudo um povo do caraças. Vocês já viram bem como este país mudou? O país do triste fado, em que tudo corria mal, dos Passos, Portas e Cavacos, do desemprego e da crise e até ia jurar que do tempo que estava sempre de chuva. E, de repente, do nevoeiro de Paris saiu um Éder e já andamos pela rua de cabeça levantada, e já podemos dizer aos turistas que não gostamos deles, e vamos à reunião de condomínio dizer que não, claro que não autorizamos o arrendamento local, a não ser que o único barulho que esses gajos façam seja a gritar um golo do Éder.

Eu sei que era suposto falar do Letónia-Portugal, mas o que é um Letónia-Portugal sem o Éder? E sem o campeonato, para nos colocar todos uns contra os outros? E sem os emails, sem as transferências, sem as picardias? Pois, parece que é só um jogo de futebol. De apuramento para o Mundial de 2018 (não vim para aqui às cegas, fiz o trabalho de casa). Em Riga. Capital da Letónia. Estónia, Letónia, Lituânia. Talin, Riga, Vilnius. Estónia, Letónia, Lituânia. Talin, Riga, Vilnius. Pronto, não aprenderam nada sobre a seleção a ler este texto, mas pelo menos saem daqui com três capitais bem decoradas.