Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Trim... Trim.. Estou sim? É da linha de denúncias da BTV? É que tenho uma queixa a fazer (por Lá Em Casa Mando Eu)

Catarina Pereira pede desculpa por não conseguir esconder a amargura com que descreveu o onze do Porto que empatou este sábado com o Desportivo das Aves. Há Infarmed, BTV, fita-cola e Marega

Catarina Pereira, Lá Em Casa Mando Eu

FRANCISCO LEONG

Partilhar

José Sá

Só nos primeiros 30 minutos, contei três grandes oportunidades do Aves e nenhuma entrou na baliza, sem que José Sá tivesse que fazer uma defesa. A partir daí deixei-me levar pela confiança de que nunca na vida perderíamos um jogo em que começámos com tanta sorte. Facilitei, portanto, e na segunda parte abandonei mesmo a posição em que estava desde os primeiros minutos de jogo, não bati três vezes com o pé no chão antes de cada ataque adversário e esqueci-me de repetir as exatas palavras que usei quando o José Sá saiu muito bem aos pés do Salvador Agra. Resultado: o óbvio empate do Aves, sem nenhuma culpa de José Sá, com toda a responsabilidade de Catarina Pereira.

Ricardo Pereira

Voltou à posição de lateral-direito depois de uma experiência mais ofensiva frente ao Besiktas, mas parece não ter percebido a ideia, porque logo aos seis minutos estava a aparecer na área do Desportivo das Aves a marcar um golo. O passe – magistral, já agora – de Soares deixou-o isolado frente a Quim, tendo Ricardo colocado a bola por baixo das pernas do jogador mais velho de sempre da liga portuguesa, mostrando uma falta de respeito obviamente condenável. Como tal, desejo profundamente que, para se redimir, marque na próxima jornada ao guarda-redes mais novo de sempre a marcar dois golos na Liga dos Campeões.

Felipe

Trim, trim...

- Boa noite, linha de denúncias da BTV.
- É para denunciar o Felipe Vale-Tudo!
- Do Felipe Augusto já temos denúncias que chegue. Mas obrigada na mesma, boa noite.
- Não, eu disse do Felipe Vale-Tudo! O do Porto!
- Ah, então diga lá.
- É que ele dá muita porrada.
- Muito bem, então se viu o jogo hoje dê lá um exemplo para nós usarmos.
- Ai vocês precisam de factos? Quando vi o programa do José Marinho pensei que era só mandar umas bocas.
- Pois, mas assim a sua denúncia não chega. Boa noite, então.
- Espere! Aos 17 minutos, o Arango rematou e a bola bateu na mão do Felipe.
- Ui, dentro da área?
- Não, fora. E foi mesmo à queima...
- Então não chega. O que houve mais?
- Já sei! Ele passou o jogo no chão e o árbitro nem um cartão amarelo lhe deu por simulação.
- Isso é um escândalo! Tem a certeza que nenhuma das vezes houve falta dos jogadores do Aves?
- Tenho, porque eles nem lá estavam. Ele escorregou sozinho.
- Oh senhor adepto, é só isso que tem para nos dizer?
- Não! Eu já disse! Ele dá muita porrada!
- Por amor de deus, ele nunca viu um vermelho direto na vida...
- Mas isso é porque ele é giro que se farta!
- Lá isso é. Mas deixou o Vítor Gomes cabecear no golo do empate.
- Então mas isso você já sabe? Isto é mesmo a linha de denúncias da BTV? Não me diga que mudaram para o Porto...
- Isso foi o Infarmed, homem!

Marcano

Citando um excelente interlocutor da nossa Liga, “há jogos que têm de ser ganhos e outros que têm de ser jogados”. Este jogo o Marcano jogou, espero que no próximo ganhe.

Alex Telles

Além de continuar a bater as bolas paradas exemplarmente, foi sempre dos mais inconformados. Aliás, basta ver a sua reação ao golo sofrido, em que rebenta de raiva aos saltos e aos insultos, como se tivesse chegado a um avião e descobrisse que tinha de ficar no lugar do meio entre o Pedro Guerra e o Gobern.

Danilo

Perto do minuto 90, há uma bola que vem pelo ar na grande-área do Aves. Danilo aproxima-se, Amilton também. A perna do senhor comendador leva com um pontapé do adversário. O árbitro manda jogar.

Quando o jogo pára, o suspense instala-se na Vila das Aves. Irá o árbitro voltar atrás e marcar o devido penálti que nos poderia dar a vitória no jogo que antecede o clássico, evitando assim a repetição do que aconteceu na época passada, com o FCPorto sempre prejudicado antes de defrontar o Benfica?

E eis que Rui Costa ouve nitidamente o vídeo-árbitro:

- Boa noite, linha de denúncias da BTV.

E manda jogar novamente.

Herrera

Fico mais descansada quando o vejo assim, a contribuir para o péssimo jogo da equipa. Mas calma, nem tudo o que se passou hoje foi típico do Herrera dos últimos quatro anos: aos 70 minutos, por exemplo, recebeu um cruzamento de Alex Telles, rematou contra o adversário e a bola bateu nele próprio antes de sair para o pontapé de baliza. Lembro-me vagamente de uma vez lhe ter acontecido algo ridiculamente parecido, mas foi do outro lado do campo e deu canto. Está tão mudado!

Corona

Esteve mais ocupado em tarefas defensivas, uma vez que a equipa se empenhou em explorar todas as capacidades do Aves para atacar e criar perigo. Estávamos nisto de ir aguentando uma vitória sem fazermos nada por isso, quando decidiu levar dois amarelos e acabar de vez com a nossa tentativa de ganhar três pontos com a pior exibição da época. Ora, eu ia continuar este parágrafo sobre todas as sensações negativas que Corona me provoca, quando apareceram quatro capangas no camarote do Aves e... w qh ef hewnfunwfvfvhrg ligh hgv rgoj og jgjcsdcn cj.

Brahimi

Mostrou um empenho e - ouso dizer - uma militância que são a grande diferença entre o seu jogo desta época e o das últimas três. Por cansaço, pelo relvado ou, simplesmente, porque não estava num dos seus dias, não conseguiu desequilibrar o Aves. Foi mais ou menos como se Bruno Carvalho tentasse vezes sem conta escrever no facebook, mas sem que o texto ficasse do seu agrado, acabando por apagá-lo. Sabemos que o talento está lá, mas nem sempre sai.

Soares

Temos tido vários azares desde o início da época: o Soares lesionou-se e demorou quase dois meses a recuperar, o Marega lesionou-se no pico da carreira, os árbitros não veem os penáltis a nosso favor e o programa para denunciar o novo Apito Dourado só dá uma vez por semana. No entanto, pelo menos dois deles já parecem resolvidos.

Aboubakar

O Infarmed tem mesmo que ficar em Lisboa, porque não há medicamentos suficientes no mundo para me acalmar depois daquele golo falhado.

Maxi Pereira

Após o jogo, Sérgio Conceição aproveitou para mandar umas farpas ao Aves, que estava “motivadíssimo” e “festejou o empate como se fosse a final da Liga dos Campeões”. Devo dizer que é de muito mau tom dizer isto sobre uma equipa cuja maioria dos jogadores foi precisamente esta semana eliminada da Liga dos Campeões.

Marega

Regressou com um pequeno pedaço de fita-cola no joelho e um grande bocado da nossa esperança em melhores exibições. Vem aí um jogo crucial. Mete o Marega!

André Pereira

Primeiro Danilo Pereira e Maxi Pereira, depois Ricardo Pereira, agora André Pereira. Já toparam que estão a encher o plantel do FCPorto com a minha família? Agora imaginem como vai ser o Natal lá em casa depois de perdermos dois pontos com uma equipa do Lito Vidigal.