Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

UEFA help Francisco J. Marques to tweet this roubalheira (o pedido institucional de Lá Em Casa Mando Eu)

Catarina Pereira gostou do que viu nos seus jogadores, mas pouco do que viu na arbitragem. Aqui se fala de Chama Imensa, de baixinhos com sotaque e de ovos em frigideiras

Catarina Pereira, Lá Em casa Mando Eu

MIGUEL RIOPA

Partilhar

José Sá

O jogador do Mónaco que lhe deu mais trabalho - com dois remates à baliza - foi Rony Lopes, mas, com uma boa defesa e um desvio com o olhar, José Sá saiu por cima de um duelo que poderá voltar a ser visto em qualquer futuro treino para um jogo amigável da seleção contra uma equipa mesmo muito fraquinha. No penálti não teve hipóteses, porque a bola passou-lhe por baixo do corpo em vez de ir logo contra ele. No segundo do Mónaco também não, porque era o Falcao.

Ricardo Pereira

Gosta muito de subir pela ala direita e não vai ser hoje que o vou criticar por isso. Acho até muito inteligente que o tenha feito num jogo contra o Mónaco, que estará seguramente no top 5 de clubes que um dia podem perder a cabeça e dar 30 milhões de euros por ele.

Felipe

Aos 38 minutos, num lance aparentemente inofensivo, Felipe e Ghezzal agarram-se um ao outro e o jogador do Mónaco parece estar bastante interessado em agredir o nosso central. Numa altura em que a pressão nacional é grande contra Felipe, gostaria de ter visto o brasileiro a virar as costas ao adversário, rezar três Pais Nossos e dois Avés Marias e a fazer voluntariado num centro de resgate e salvamento de animais pequeninos e fofinhos. Infelizmente, não foi bem isso que aconteceu e Felipe acabou por ser expulso. Recordo o que disse um dia Johan Cruyff: “Tu jogas futebol com a cabeça, as pernas estão lá para ajudar”.

Marcano

Os Super Dragões levantaram esta noite uma faixa a dizer “UEFA help us to catch the red octupus”. Infelizmente, a mensagem não ajudou Marcano, que estava a fazer uma boa exibição até o árbitro lhe marcar uma mão na bola, que lhe tinha batido no sovaco. Árbitro esse que se chama JONAS e que tem como apelido ERIKSSON. Suponho que os nomes do meio sejam HUGO MIGUEL ÁGUIA VITÓRIA CHAMA IMENSA. É que, minutos antes, tinha havido uma mão na área do Mónaco que não foi assinalada. “UEFA help Francisco J. Marques to tweet this roubalheira”

Alex Telles

Muito cedo percebemos que temos aqui um excelente marcador de cantos, livres e qualquer coisa que envolva uma bola parada e jogadores altos na área adversária. Mas há outras coisas que demoram mais tempo a assimilar. Por exemplo, hoje, aos 65 minutos, quando já estava 3-0, dei-me ao trabalho de gritar: “Não chutes daí, c&%$#=!” E Alex Telles rematou de longe e marcou o quarto. Mas isto com tempo vamos lá.

Danilo

Moutinho e Falcao regressaram esta noite ao Estádio do Dragão e ouviram muitos aplausos do público. Ambos foram excelentes profissionais na nossa equipa e deram-nos títulos muito importantes. Mas, por muito que goste deles, sinto que tenho de relembrar-lhes que um dia sentiram necessidade de sair para “outros voos” e aquelas tretas que os jogadores dizem para não admitirem que vão atrás do guito. E hoje nem para a Liga Europa vão. Nem sei por que gastei a análise ao Danilo com esta observação, tenho a certeza que o senhor comendador terá as suas prioridades muito bem definidas nos próximos mercados de transferências.

Herrera

Algures na primeira parte, há um lance de ataque do FCPorto em que a bola vai de Marega para Herrera e vice-versa, e lá continuam os dois a passar a bola um ao outro como se não houvesse outros jogadores em campo. Uma jogada que tinha tanta probabilidade de ter sucesso como um dia uma equipa do Paulo Fonseca dar baile a uma do Guardiola.

André André

Otávio foi anunciado no onze, mas lesionou-se no aquecimento e foi André André a entrar em campo. Felipe entrou no onze, mas lesionou-se no cérebro e foi André André a sair mais cedo para entrar um central.

Brahimi

Voltou a ser o motor ofensivo da equipa, materializando o bom futebol do costume com assistências e golos. Só faltou Leonardo Jardim ser apanhado pelas câmaras a chamá-lo "baixinho, ó baixinho" com sotaque madeirense

Marega

Não gosto deste gozo que se sente no ar por ter falhado dois ou três golos no último jogo, como se a equipa de arbitragem não fosse arranjar maneira de os invalidar depois. Eu até gosto de gozar, mas é só quando mais ninguém goza. Quando todos gozam, não gosto de gozar. Enfim, gajas. Isto para dizer que me recuso a gozar com a prestação do Benfica na Liga dos Campeões.

Aboubakar

Já estava sem marcar há algum tempo, mas há poucas coisas na vida que deem tanta motivação a Aboubakar como um jogo contra uma equipa que defende mal. O segundo foi resultado de um belo trabalho individual, a finalizar uma boa jogada da equipa, mas prefiro destacar o primeiro, a passe de Brahimi, com a defesa do Mónaco a subir sem critério. É que fiquei bastante aliviada por este jogo não ser contra o Benfica, porque, se assim fosse, o lance teria sido invalidado por fora de jogo, o FCPorto teria sido multado por violação do interesse público e Aboubakar seria obrigado a ir a pé até à estátua do Eusébio.

Reyes e Corona

Isto é só para verem que Sérgio Conceição é mesmo muito bom na prática de fazer omeletes sem ovos.

Soares

Entrou ainda a tempo de marcar o quinto, de cabeça, após cruzamento de Ricardo. Pois é, somos o único clube português nos oitavos de final da Liga dos Campeões. Buenas noites, Catalunhia!