Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Lá em Casa Mando Eu emocionado com a homenagem do Dragão a Danilo, a homenagem de Salvio a Jonas e a homenagem de Aboubakar a BdC

O FC Porto venceu o Aves, por 2-0, e continua a perseguir o líder Benfica antes do clássico, para o qual já há portistas bem preparados, diz Catarina Pereira, como Sérgio Oliveira: "Acabou mesmo o jogo com sangue nas pernas, um sinal de que já está bem ciente do que o espera contra o Fejsa"

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

MIGUEL RIOPA

Partilhar

Casillas

Teve um jogo absolutamente tranquilo, que lhe deu bastante tempo para pensar em bocas para mandar ao Benfica e ao Sporting no Twitter. Enfim, no fundo teve uma pequena experiência do que é a minha vida. Ainda viu uma bola ir ao poste ali por volta do minuto 90, até agora conhecido como altura em que não nos assinalavam penáltis decisivos contra o Aves.



Ricardo

Entrou com bastante vontade em campo e aos 8 minutos já estava a sofrer um penálti, até agora conhecido como falta do adversário do Aves dentro da área que não nos assinalavam. O pontapé de Tissone é evidente e suficiente até para Nuno Almeida o ter visto e marcado, mas de qualquer maneira apareceu Felipe a explicar a Ricardo o que lhe poderia acontecer se não caísse bem à primeira. É este tipo de companheirismo que procuro nos meus jogadores, muito bem.



Felipe

À primeira deixei passar e até achei bem, à segunda pranchada que tentou dar ao Ricardo desconfiei. Falo do minuto 47, quando um desentendimento entre os dois deixou um adversário sozinho com a bola na nossa área. Se isto continuar assim, suspeito que Fernando Santos não será o único a afastar injustamente o nosso lateral direito do Mundial.



Marcano

Passou o jogo mais tenso do que seria de esperar numa equipa que está a ganhar 2-0 aos 11 minutos, talvez porque a época está a chegar ao fim e Marcano já se apercebeu que não vai continuar no melhor clube do mundo. Se até lá o seu compromisso e qualidade se mantiverem, prometo que vou ser das que não o vão deixar entregar-se. #MarcanoLivre



Alex Telles

Assumiu a coragem de marcar o penálti, também conhecido como raro momento em que os jogadores do FC Porto têm oportunidade para estragar tudo. Nos festejos, apontou para o nosso símbolo e gritou "Respeito! Respeito!" Um gesto que me preocupa, porque mostra que claramente não tem estado atento aos valores e princípios que o futebol português tem transmitido nos últimos quatro anos e 10 meses.



Herrera

Fez um bom jogo, a conseguir juntar à sua habitual correria algum critério na hora do passe. Por volta dos 44 minutos, foi mesmo o protagonista da melhor jogada individual da partida, tendo feito tudo sozinho: recebeu, fintou um adversário e rematou para defesa do guarda-redes do Aves. Brahimi foi visto a aplaudi-lo, porque das outras 17246194309583405 vezes em que esta jogada tinha sido tentada sem sucesso tinha sido ele a fazê-la.


Sérgio Oliveira

Esforçou-se muito e acabou mesmo o jogo com sangue nas pernas, um sinal de que já está bem ciente do que o espera contra o Fejsa.

Otávio

O lance do nosso segundo golo, marcado por Otávio logo aos 11 minutos, quando parecia que estava só a recuperar uma bola, mas afinal estava a rematar a bola em jeito para o fundo das redes, tornou-se no segundo melhor candidato ao prémio Puskas a seguir ao golo de calcanhar do André Almeida naqueles célebres quartos de final da Liga dos Campeões contra o Portimonense.

Brahimi

Já esteve hoje mais perto do seu nível, com alguns desequilíbrios que causaram perigo na área do Aves, mas depois estragou tudo quando aplaudiu o Herrera.

Soares

É um dos nossos avançados com dificuldade em marcar golos atualmente e, talvez por isso, se note que está extremamente nervoso. Foi visto a empurrar um adversário antes de um canto ser marcado de forma muito evidente e também a fazer uma falta dura a um defesa do Aves sem necessidade nenhuma. Numa escala de 0 a Rúben Dias, está num 3 ou 4 de violência a mais.


Aboubakar

Embora já tenha dado mais sinais positivos, está há vários jogos sem marcar. Esteve perto, aos 57 minutos, mas Adriano defendeu o remate potente à entrada da pequena área. Enfim, como diria Bruno de Carvalho, em vez de "fuzilar", tentou só marcar golo lá a maneira dele. Foi substituído pouco depois e filmaram-no a reflectir profundamente no banco, provavelmente pensando: "Ufa, ainda bem que o meu presidente não tem Facebook".


Hernâni

É rápido.



Óliver

Não é lá muito rápido e continua sem maiores oportunidades do que 10 ou 15 minutos de jogos já praticamente resolvidos. Enfim, todos os nossos problemas sejam estes, também não me apetece soar a uma menina amuada e mimada, se bem que era meio caminho andado para ser suspensa de jogar pelo Sporting.



Gonçalo Paciência

Se o tivéssemos deixado em Setúbal, talvez ontem tivesse sofrido um penálti não assinalado pelo árbitro.



Danilo Pereira

Ao contrário do restante plantel, treinador e clube, não consegui deixar-te uma mensagem de apoio nas redes sociais, não por não o mereceres, mas porque ainda não consigo falar sobre o assunto. Fico-me pelo que aconteceu ao minuto 22, quando o Dragão se levantou para homenagear o nosso lesionado comendador. Já ontem, ao minuto 91, o Salvio se tinha atirado para o chão para homenagear o lesionado Jonas. É por estas coisas que o futebol é tão bonito.