Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Se, entre Óliver e Herrera, é o segundo que mexe mais, Catarina Pereira diz que é altura de os portistas se irem enfrascar para os Aliados

Após o último jogo da época, Catarina Pereira, face portista do Lá em Casa Mando Eu, advoga que o pé direito do mexicano tenha especial destaque na estátua de bronze de 15 metros que deveria estar a ser construída no Parque da Cidade, no Porto

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

MIGUEL RIOPA

Partilhar

Vaná

O nosso único reforço do último mercado de verão provou que foi uma grande aposta: sagrou-se campeão nacional, igualando o estatuto de lendas como Krajl e Rui Correia. E superando Rui Patrício.

Maxi Pereira

Sinto-me uma privilegiada por poder avaliar Maxi Pereira naquela que é, evidentemente, a melhor fase da sua vida. Não que eu tenha grande termo de comparação - nunca o tinha visto celebrar nada -, mas é notório que o uruguaio está mais feliz do que todas as outras pessoas com passados difíceis. Afinal, este é o primeiro título de campeão que pode festejar de consciência limpa. Pode até, por uma questão de humanidade e justiça, cortar os outros. Até lhe ficava bem fazer isso antes da Polícia Judiciária os anular.

Felipe

Sou do tempo em que entrávamos em campo com listas azuis e brancas no cabelo e nem isso fazia de Jorge Costa menos temível. Felipe entrou de cabelo platinado e também não perdeu nem 1mm de classe, agressividade e portismo. É obra!

Marcano

Última oportunidade, hombre: te quedas o no? Vais perder tardes de Sol assim, num país incrível, com os melhores adeptos do mundo, a lutar pelo melhor clube do mundo? E vais para onde? Um Valência da vida? Uma equipa que anda ali sem chatear e sem aspirar a nada, a teres que levar cuecas do Messi duas vezes por ano? Para um clube inglês qualquer, com adeptos que não te vão distinguir e que vão tratar-te como “Marcanou”? Tem lá juízo e renova, carago.

Alex Telles

Graças ao CDS-PP Almada, ficámos a saber esta semana que a eutanásia mata. Mantendo o nível de evidência e tiradas óbvias, venho comunicar-vos que o Alex Telles assiste.

Herrera

É incrível como agora até o laranja lhe fica bem. Realça-lhe as feições distintas, as nobres orelhas e o ar inteligente. Realça-lhe sobretudo aquele pé direito, que espero que tenha lugar de destaque na estátua de 15 metros de bronze que devia estar a ser construída no Parque da Cidade.

Óliver

Quando, num meio-campo com Óliver e Herrera, já é o segundo que mexe mais connosco, talvez esteja na altura de acabarmos esta época e irmos todos para os Aliados enfrascar-nos bem.

Corona

Se em campo continuo a não lhe distinguir grandes qualidades, devo dizer que admirei bastante a sua prestação nas imagens exclusivas da festa do hotel, uma vez que apareceu sempre com alguma bebida alcoólica na mão. É este tipo de confiança e regularidade que preciso de ver mais vezes em ti, Jesus. Agora é só trocar o estar bêbado por jogar à bola.

Brahimi

Época terrível, grande vergonha, pfff!!! Coitado do estrangeiro rico que achar que te deve comprar!!!

Marega

Numa altura em que começam a surgir os primeiros rumores de que há alguns interessados em gastar milhões com o nosso Moussa, será melhor prepararmo-nos para o mais que provável assédio que vamos sofrer este verão. Os próximos meses serão de alguma resistência a essa eventual venda, já que será sempre uma despedida emocional para a qual não estamos preparados, mas temos de começar a pensar se uns 40 milhões de euros não serão motivo para, pelo menos, nos sentarmos à mesa com o próximo felizardo que adquirir o seu passe. Talvez, repito, talvez esta seja a melhor altura possível para vendermos Marega, a não ser que os adeptos do Sporting decidam colocar a tarja “Mete o Marega” num jogo da Liga dos Campeões, e aí, como é óbvio, ele prepara-se para ser o melhor marcador dessa competição e então é melhor não o vendermos já.

Gonçalo Paciência

Insistiu muito para chegar ao golo - de pé direito, de pé esquerdo, de cabeça - mas não estava com a pontaria afinada, talvez porque na baliza do Vitória de Guimarães não tenha estado nenhum polvo para facilitar o processo de lhe acertar em cheio.

Soares

Ultimamente, já o vi mais vezes a beber uma cerveja de golada do que a marcar golos.

André André

Repitam lá comigo: campeões com 88 pontos. Oitchentcha e otcho.

Fabiano

Tem mais dois títulos de campeão do que o Rui Patrício.