Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Nuno: “Quero salientar que só dependemos de nós”

O FC Porto empatou sem golos em Copenhaga mas Nuno Espírito Santo não estava preocupado, porque os portistas podem garantir a qualificação na última jornada, no Dragão, frente ao Leicester

Expresso

JONATHAN NACKSTRAND/GETTY

Partilhar

Nuno Espírito Santo admitiu que a 1ª parte portista em Copenhaga foi pouco feliz, mas preferiu ressalvar o bom trabalho na 2ª parte, apesar do empate. “Vínhamos à procura de uma resultado para fechar as contas e foi esse o trabalho que os jogadores fizeram”, começou por dizer.

“Foram duas partes diferentes. Na 2ª parte tivemos o domínio total do jogo, com muitas ocasiões, com uma boa produção e controlando totalmente o adversário, o que nos faz acreditar que este é o caminho”, acrescentou o treinador do FC Porto.

“O jogo da 2ª parte assemelha-se bastante mais ao que nós queremos para a equipa. Há trabalho e talento e vamos continuar. Sabíamos a importância que tinha o jogo e os jogadores fizeram na sua plenitude esse trabalho, há que lhes dar os parabéns”, disse Nuno.

Questionado sobre a falta de substituições - só mexeu aos 84 minutos -, o treinador respondeu assim: “Não se justificava. Os jogadores estavam a fazer bem. São opções. Entendo todas as questões que possam levantar, mas há confiança em todo o plantel”.

Ainda assim, Nuno tem confiança para a última jornada do grupo, perante o Leicester, já qualificado para os oitavos de final da Liga dos Campeões: “O resultado não é o que nós queríamos, mas quero salientar que só dependemos de nós, no Dragão, e isso é muito bom. Não vamos falhar”.

Partilhar