Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Rui Vitória, as circunstâncias, o orgulho e o reset para o que aí vêm

O treinador do Benfica, no final da partida contra o Nápoles, não se mostrou preocupado com a segunda derrota seguida da equipa, nem quis falar muito sobre o dérbi contra o Sporting, no domingo. Rui Vitória está é “muito contente” com o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY IMAGES

Partilhar

O apuramento para os oitavos-de-final

“Acho que é por aí que temos de começar, pelo apuramento. As fases de grupos não se devem analisar só por um jogo e esta foi complicadíssima. À segunda jornada saímos de Nápoles com um ponto e, nas quatro jornadas seguintes, conseguimos este apuramento. Os jogadores merecem que isto seja valorizado.”

“Fico contente por ver o Benfica entre as 16 melhores equipas da Europa, duas vezes seguidas. Isso deixa-me muito satisfeito, mas não do ponto de vista particular. Estou aqui para colaborar e fazer o melhor com a minha equipa técnico. Sinto orgulho, nada mais do que isso.”

O resultado com o Nápoles

“Foi uma exibição muito equilibrada. Defrontámos uma belíssima equipa, que está com processos muito assimilados, que tem qualidade. o jogo foi equilibrado pelos dados que temos em nosso poder, a equipa do Nápoles acabou por ser muito eficaz nos momentos de finalização, nós só aproveitámos um já na parte final, fruto do apoio que veio da nossa massa adepta. Mas, de facto, acho que foi um jogo equilibrado em que acabou por ganhar a equipa que foi mais eficaz na finalização.”

Está preocupado com as duas derrotas seguidas?

“Não. As equipas de hoje e as que vão jogar amanhã, todas dariam para estar no nosso lugar, neste momento. Sabemos que defrontámos uma belíssima equipa. Depois, houve circunstâncias durante o jogo que, de certa forma, são atenuantes. Concretamente, sabíamos ao intervalo o resultado da outra equipa que estava a disputar o apuramento connosco [o Besiktas] e parece-me que, nas duas equipas, houve uma falta de rigor e de competitividade no início da segunda parte. Como disse, quer à terça quer à quarta, todas as equipas se calhar gostariam de estar na nossa situação.”

O dérbi contra o Sporting

“Amanhã vamos fazer o reset, voltamos ao início, vamos trabalhar para o próximo jogo e descansar bem. O Benfica pode perder ou ganhar. Primeiro vamos descansar e depois começamos a preparar o próximo jogo.”

Partilhar