Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

O perfumado futebol da Alemanha industrial e uma velha senhora vingança de três décadas: a sorte (ou falta dela) de Benfica e FC Porto

Borussia Dortmund e Juventus são os adversários de águias e dragões nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Um sorteio nada amigável para as equipas portuguesas: pior, pior, só mesmo se tivesse calhado o Barcelona

Lídia Paralta Gomes

Comentários

ANDA CÁ! Salvio em esforço frente ao Nápoles, na fase de grupos da Champions. Nos oitavos-de-final também há italianos no caminho das equipas portuguesas: o FC Porto terá a dura tarefa de eliminar a Juventus

RAFAEL MARCHANTE/REUTERS

Partilhar

Nesta altura do campeonato, sorteio fácil é coisa que não existe na Liga dos Campeões. Ainda assim, Benfica e FC Porto, ambos segundos classificados nos seus respetivos grupos, teriam imaginado nas suas cabeças dois potes de possíveis adversários para o sorteio desta manhã, em Nyon, na Suíça.

Assim, no pote a que vamos chamar “estes são os menos maus”, estariam o Mónaco, de Leonardo Jardim, Bernardo Silva e João Moutinho, o Leicester para o Benfica e o Nápoles para o FC Porto. É claro que ao lado havia outro, o pote “isto vai ser tramado”, com equipas do calibre de Barcelona, Atlético Madrid, Arsenal, Borussia Dortmund e Juventus.

Quis o destino das bolas redondas que a águias e dragões saísssem adversários do pote “isto vai ser tramado”: os encarnados terão pela frente os alemães do Borussia Dortmund e os azuis e brancos jogam por um lugar nos quartos-de-final com a pentacampeã italiana, a Juventus. Pior, pior, só mesmo o Barcelona.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)