Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

O Borussia Dortmund arrefeceu e o Benfica agradece

Em setembro, o Borussia Dortmund era a equipa mais explosiva da Europa e distribuía goleadas por onde passava. Agora é 4.ª classificada na Bundesliga, no fim de semana perdeu com o lanterna-vermelha e fora de campo também nem tudo corre bem. O adversário do Benfica nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões (terça-feira, 19h45) chega a Lisboa no seu pior momento da época

Lídia Paralta Gomes

As cabeças baixas têm uma razão: já são 15 os pontos de desvantagem do Borussia Dortmund para o Bayern Munique

RONALD WITTEK/EPA

Partilhar

Ali algures em setembro, o Borussia Dortmund era a equipa mais excitante da Europa. No período de nove dias, a equipa de Thomas Tuchel marcou 20 golos em quatro jogos, sofrendo apenas dois. Todos tinham medo do Borussia, ninguém queria dar de caras com aquela equipa sem esquema tático definido e onde brilhavam garotos como Raphael Guerreiro (23 anos), Julian Weigl (21), Christian Pulisic (18), Ousmane Dembélé (19) ou Felix Passlack (18).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)