Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Ederson e o penálti defendido: "O segredo é estudar o batedor"

O guardião brasileiro foi figura-maior dos encarnados na vitória frente ao Borussia Dortmund, por 1-0. Com Taffarel na bancada, Ederson defendeu tudo e mais alguma coisa, incluíndo uma grande penalidade. À Sport Tv, garante que está "tranquilo" face a uma possível chamada à seleção brasileira

Expresso

António Cotrim/LUSA

Partilhar

O jogo

"Foi um jogo difícil, sabíamos da qualidade do Borussia e eu tinha dito na antevisão que seria um jogo aberto, com oportunidades dos dois lados. Nós soubemos aproveitar. Fui feliz e consegui ajudar a equipa".

Taffarel na bancada e seleção brasileira

"Não mexe comigo, estou tranquilo e não me deslumbro nem penso nas coisas que falam sobre mim. Se tiver de acontecer [chamada à seleção do Brasil], que aconteça. Se não acontecer vou trabalhar duro para ter essa oportunidade".

Penálti de Aubameyang

"O segredo é estar concentrado e estudar o batedor. Sabemos que a frente de ataque deles é muito forte, muito rápida. A nossa equipa estava preparada para os ataques do Borussia".