Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

A reedição de uma, perdão, de duas finais

Ainda estamos nas meias-finais, mas Real Madrid e Atlético de Madrid reeditam esta noite (19h45, RTP1) a final da Liga dos Campeões de 2014 e 2016

Expresso

Sejam amigos, Godín e Pepe

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty

Partilhar

Se há uma capital europeia do futebol, essa capital não é Nyon, onde se encontra a sede da UEFA: é mesmo Madrid, sede dos dois clubes que mais longe têm chegado recentemente na Liga dos Campeões.

Real Madrid e Atlético de Madrid defrontam-se hoje na 1ª mão das meias-finais da Champions, num jogo que é uma reedição das finais da prova europeia, tanto em 2014 (em Lisboa) como em 2016 (em Milão).

Na época passada, o Real conquistou a 11ª taça europeia ao derrotar o Atlético nos penáltis, por 5-3, depois de um empate (1-1) no tempo regulamentar. Mas, em 2014, a vitória merengue foi bem mais folgada: 4-1.

O penálti de Ronaldo deu a Liga dos Campeões ao Real Madrid em 2016/17

O penálti de Ronaldo deu a Liga dos Campeões ao Real Madrid em 2016/17

Shaun Botterill/Getty

Esta noite, os 79 mil lugares do Santiago Bernabéu estarão ocupados para mais um dérbi, que, no mês passado, foi pautado pelo equilíbrio: Real e Atlético empataram (1-1), para a 2ª volta da Liga espanhola. Na 1ª volta, no Vicente Calderón, foi o Real a sair vencedor, com três golos de Cristiano Ronaldo.

Zinedine Zidane - que diz que "não há favorito" num jogo assim - já sabe que não contará com Pepe, Bale e Varane, todos lesionados, enquanto Diego Simeone - que espera "um jogo apertado" - não terá à disposição Sime Vrsaljko, José Giménez, Juanfran Torres e Augusto Fernández - mas já terá Yannick Carrasco, entretanto recuperado de lesão.

A outra meia-final será disputada entre Mónaco e Juventus, quarta-feira (19h45, SportTV1). A segunda mão das meias-finais está marcada para 10 de maio.