Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Jesus: “Vamos sofrer, vamos, mas temos capacidade para fazer golos na Roménia”

Jorge Jesus diz que, “face àquilo que jogou”, o Sporting poderia ter vencido o jogo desta terça-feira contra o Steaua Bucareste. Mas o resultado também não deve ser encarado como uma tragédia, uma vez que “o positivo foi não sofrer golos”

MÁRIO CRUZ/LUSA

Partilhar

Atendendo “àquilo que jogou”, o Sporting podia ter vencido o Steaua Bucareste, considera Jorge Jesus, treinador dos leões. “É verdade que o Steaua teve uma ou outra situação perigosa, sem ser de golo. O Sporting não teve grandes situações de golo, mas se contabilizarmos esse pormenor, o Sporting esteve mais perto do golo do que o Steaua”, disse o treinador, elogiando a defesa da sua equipa. “Fomos muito fortes do ponto de vista defensivo”.

Sobre o segundo jogo contra o Steaua Bucareste, que se disputa na próxima quarta-feira, Jesus disse: “Deixámos a eliminatória em aberto, as mesmas ideias e os mesmos objetivos das duas equipas. São duas equipas com valor muito semelhante. Agora partimos para o segundo jogo, sendo nós a equipa que tem a vantagem de fazer golos fora”.

Questionado sobre se o apuramento fica agora “mais difícil”, o treinador do Sporting respondeu que se o Sporting “ganhasse por 1-0 as coisas também não ficavam mais fáceis”. “Falta o segundo jogo. O positivo foi não sofrer golos, claro que também era marcar. Mas agora quem tem a vantagem do golo a dobrar somos nós, que vamos jogar fora. Vamos sofrer, vamos, mas temos a capacidade para fazer golos na Roménia, tenho a certeza disso”.