Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Para passarem aos 'oitavos' da Champions, os grandes têm de somar estes resultados (Benfica à parte, claro)

FC Porto e Sporting vão entrar última jornada da Liga dos Campeões na luta por um lugar nos oitavos de final, enquanto o Benfica vai tentar despedir-se das competições europeias com um triunfo. Leia as contas dos grupos

Lusa e Expresso

RAFAEL MARCHANTE/Reuters

Partilhar

FC Porto e Sporting vão entrar na sexta e última jornada da Liga dos Campeões de futebol na luta por um lugar nos oitavos de final, enquanto o Benfica vai tentar despedir-se das competições europeias com um triunfo.

No Grupo G, o FC Porto recebe o já eliminado Mónaco, de Leonardo Jardim, e um triunfo garante automaticamente a passagem à próxima ronda, enquanto o Sporting, no Grupo D, necessita de vencer o já apurado FC Barcelona, em Camp Nou, e esperar que a Juventus não consiga triunfar no terreno do Olympiacos.

Caso não consigam o apuramento nas ‘Champions’, ‘dragões’ e ‘leões’ têm garantida a continuidade nas provas europeias, via Liga Europa.

Vida diferente tem o Benfica, que recebe o Basileia, no Grupo A, estando já completamente afastado da luta pelos ‘oitavos’ e também pelo terceiro lugar, que dá acesso à Liga Europa.

No Estádio do Dragão, o FC Porto vai encontrar um adversário de boa memória, já que conquistou a Liga dos Campeões de 2003/2004 com um triunfo por 3-0 sobre os monegascos. O mesmo resultado alcançou no jogo da primeira volta do grupo, em setembro, com um ‘bis’ de Aboubakar.

Nesse jogo, Sérgio Oliveira foi a grande surpresa do ‘onze’ de Sérgio Conceição, mas o médio é baixa certa para o encontro de quarta-feira, devido a castigo.

No regresso de João Moutinho e Falcao ao Dragão, uma vitória coloca o FC Porto nos oitavos de final, mas o empate ou até a derrota podem também servir à formação portuguesa, isto caso o Leipzig não vença ou seja derrotado na receção ao já qualificado Besiktas.

Mais complicada é a tarefa, no Grupo D, do Sporting, que tem que vencer pela primeira vez na sua história em Camp Nou e em território espanhol e esperar por uma ajuda dos gregos do Olympiacos, que, já eliminados, recebem a Juventus no Pireu.

Apenas numa ocasião uma equipa portuguesa conseguiu tal feito, o FC Porto, em 1972, na Taça UEFA, ao vencer por 1-0.

O FC Barcelona já tem a qualificação e o primeiro lugar do grupo assegurados, um dado que pode, de algum modo, facilitar a vida à equipa de Jorge Jesus, já que é esperado que Ernesto Valverde faça descansar alguns dos seus principais jogadores, incluindo o argentino Lionel Messi.

Fora destas contas, o Benfica terá o objetivo de somar os seus primeiros pontos no Grupo A, perante o Basileia, que aparece na luta pela qualificação com o CSKA Moscovo. O Manchester United, de José Mourinho, ainda não selou matematicamente os ‘oitavos’, mas até pode perder por seis golos na receção aos russos.

Na Luz, a formação de Rui Vitória tem a oportunidade de apagar a má imagem deixada na primeira volta, em Basileia (5-0), mas já será tarde demais para fugir à sua pior campanha de sempre na ‘Champions’.

A última jornada vai decidir o segundo apurado do Grupo C (Roma ou Atlético Madrid), os apurados do Grupo E (Liverpool, Spartak Moscovo ou Sevilha) e o segundo classificado do Grupo F (Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, ou Nápoles).

Nos ‘oitavos’, já estão, além do FC Barcelona e Besiktas, Paris Saint-Germain e Bayern Munique (Grupo B), Chelsea (C), Manchester City (F) e Tottenham e Real Madrid (H).

Os campeões em título, que têm em Cristiano Ronaldo o melhor marcador da prova, com oito golos, fecham na receção ao Borussia Dortmund, sendo que já não podem roubar o primeiro posto aos ingleses.