Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Rui Vitória: "A responsabilidade é sempre do treinador"

O treinador do Benfica lamentou a derrota contra o Basileia (0-2), mas diz que a equipa agora está focada na conquista da Liga portuguesa

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Mais um jogo europeu, mais uma derrota para o Benfica, que terminou a prova sem qualquer ponto. "Este jogo foi o espelho do que se passou na Liga dos Campeões. O adversário foi três vezes à nossa baliza e acabou por fazer dois golos. Fomos à procura do golo mas a bola não quis entrar", explicou o treinador benfiquista.

"Os níveis de confiança da equipa nesta competição não estavam como nós queríamos. Acabou por ser um jogo à imagem de praticamente todos os outros que fizemos. Não fomos muito inferiores, mas a equipa contrária aproveitou os erros e fez golo. Em alta competição esses erros pagam-se caro", acrescentou, antes de admitir a sua responsabilidade na prestação negativa da equipa.

"A responsabilidade é sempre do treinador. Sou o líder e nem vale a pena discutir isso. Estamos muito tristes por não termos conseguido vencer mas também temos noção de que no próximo sábado, temos de nos focar no campeonato. Esta campanha vale a pena analisar, mas não esmiuçar em demasia. Estamos a disputar o campeonato juntamente com os outros. Foco total nessa competição", garantiu.

"A tristeza é sempre grande quando não se ganha. Queremos que as coisas corram sempre bem, mas este ano entrámos em espiral negativa. Tivemos uma série de situações que não são normais acontecer na Liga dos Campeões. Não há de facto uma diferença substancial para as outras equipas. Não ganhámos e assumimos esta tristeza. Temos de virar a página e pensar já no próximo jogo", concluiu.