Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

“E então pensei: ‘M...., agora não posso agarrar a bola com a mão’. Quis jogar com o pé, mas não consegui” (vídeo)

Ulreich, o guarda-redes do Bayern de Munique, e aquele frango viral diante do Real Madrid

Lusa e Expresso

Partilhar

O alemão Sven Ulreich, do Bayern Munique, afirmou hoje que o erro cometido frente ao Real Madrid, na segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, faz parte da vida de um guarda-redes.

“É o destino de um guarda-redes. Se um avançado comete um erro não é tão grave como se for um defesa central, e se for um guarda-redes a errar é ainda pior”, afirmou Ulreich, em declarações ao diário Bild.

No Santiago Bernabéu, em Madrid, durante o encontro da segunda mão da ‘Champions’, para o qual o Bayern partiu como uma desvantagem de 1-2, Ulreich cometeu um erro clamoroso que Benzema aproveitou para colocar os ‘merengues’ a vencerem por 2-1.

“Preparei-me para uma situação de um para um, mas ele deixou passar a bola e eu pensei: ‘Merda, agora não posso agarrar a bola com mão’. Quis jogar com o pé, mas não consegui”, explicou.

Sven Ulreich, que assumiu a titularidade após a lesão de Manuel Neuer, admitiu o erro, mas lembrou a boa época que tem feito: “Durante oito meses não cometi erros, agora aconteceu-me isto, lamento que tenha sido num jogo destes”.

O guardião garantiu que os companheiros de equipa têm tido uma atitude fantástica em relação ao assunto.

“Os rapazes têm sido maravilhosos, todos me disseram que somos uma equipa e que a eliminação não foi provocada apenas pelo meu erro”, disse.

O Bayern Munique foi afastado da final depois de perder por 2-1 em casa e de empatar a dois golos no encontro da segunda mão, disputado em Madrid, na terça-feira passada