Tribuna Expresso

Perfil

Liga Europa

Isto não é relvado que se apresente, queixa-se Mourinho

O Manchester United defronta quinta-feira o Rostov (18h, SIC), na Rússia, e Mourinho não podia estar mais insatisfeito com o estado do relvado: "Se é que lhe podemos chamar campo"

Expresso

Partilhar

É um relvado, um campo ou outra coisa qualquer? José Mourinho nem sabe bem como descrever o "sítio" onde Rostov e Manchester United vão disputar a primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa, quinta-feira (18h, SIC).

"Sei que temos de fazê-lo, mas ainda é difícil acreditar que vamos jogar naquele campo - se é que lhe podemos chamar campo", disse o treinador português na antevisão da partida.

Mourinho explicou aos jornalistas que tentou queixar-se ao representante da UEFA no local, sem sucesso. "Quando lhe falei das minhas preocupações, ele disse-me que os jogadores têm seguros. Se algo acontecer não há problema...", ironizou.

Mourinho também recordou a falta de condições do estádio olímpico de Pequim, na pré-época, quando um amigável entre o United e o City acabou por ser cancelado devido ao estado do campo. "É muito semelhante ao relvado na China, quando decidimos não jogar, mas aqui parece que vamos ter de fazê-lo", lamentou.

Ivan Daniliants, treinador do Rostov, admitiu que o relvado não está em condições e insinou que isso até pode ser uma vantagem para os russos: "O relvado é o mesmo para todos mas é claro que será um problema. Na final da Taça da Liga em Wembley, o Manchester jogou um relvado perfeito, parecia um tapete. Quando pisarem o nosso, ficarão surpreendidos".

Partilhar