Tribuna Expresso

Perfil

Liga Europa

Liga Europa: Braga com "pé e meio" na fase de grupos, Marítimo sonha em Kiev

O Marítimo, que este fim-de-semana conseguiu a segunda vitória do campeonato, frente ao Boavista (1-0), viaja para Kiev com boas expetativas

Lusa

BRUNO FAHY/Getty

Partilhar

O Sporting de Braga quer confirmar em casa a passagem à fase de grupos da Liga Europa de futebol, depois de vencer na Islândia o FH, enquanto o Marítimo ‘sonha’ com o apuramento em casa dos ucranianos do Dínamo Kiev.

Com a vitória conseguida na Islândia, por 2-1, os minhotos estão em boa posição para regressar à fase de grupos da Liga Europa, na qual têm bom historial (foram finalistas vencidos em 2011, contra o FC Porto, por 1-0), e a vitória frente ao Desportivo das Aves (2-0), no domingo, acrescenta motivação ao bom momento no início de temporada.

Os ‘arsenalistas’ subiram à quinta posição da I Liga portuguesa e os golos de Paulinho e Stojiljkovic, na Islândia, oferecem uma margem ‘confortável’ à equipa portuguesa, com muito maior experiência europeia do que os adversários.

O Marítimo, que este fim-de-semana conseguiu a segunda vitória do campeonato, frente ao Boavista (1-0), viaja para Kiev com boas expetativas, ainda que vá enfrentar o líder do campeonato ucraniano, que em seis jornadas apenas empatou um jogo.

O conjunto de Daniel Ramos, sexto classificado da I Liga, não tem o mesmo andamento europeu do Dínamo Kiev, nem a mesma responsabilidade, pelo que procura ‘sonhar’ com a fase de grupos depois do 0-0 da primeira mão.

Depois de um ‘festival’ de golos na primeira mão, dois da autoria de André Silva, o AC Milan recebe o Shkendija com seis golos de vantagem, depois de uma goleada sem resposta na Macedónia.

O Zenit São Petersburgo, de Luís Neto, recebe os holandeses do Utrecht, que venceram na primeira mão (1-0), enquanto os franceses do Marselha, de Rolando, acolhem o Domzale depois de um empate a uma bola na Eslovénia.

O Panathinaikos, de Zeca e Nuno Reis, visitam os espanhóis do Ahtletic Bilbau depois de perderem por 3-2 na Grécia, enquanto o Apollon, de Bruno Vale e João Pedro, joga na Dinamarca com o Midtjylland depois de uma ‘magra’ vantagem conquistada em casa (3-2).

Neste ‘play-off’, destaque ainda para os embates entre o Ajax, finalista vencido em 2016/17, com os noruegueses do Rosenborg, que venceu por 1-0 na primeira mão, bem como entre AEK Atenas e Club Brugge, depois de um 0-0 no primeiro jogo.

Depois de uma vitória por 2-0, o Everton procura ‘fechar’ o apuramento frente ao Hadjuk Split, enquanto o Fenerbahçe terá uma missão complicada em casa, depois de ser surpreendido (2-0) na primeira mão, na Macedónia, pelo Vardar.