Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Pois então, onde está a camisola de Tom Brady?

Após a vitória dos Patriots no Super Bowl, a camisola do protagonista do jogo, Tom Brady, desapareceu. Se foi roubo ou não, ainda não se sabe, mas está em causa o enorme valor histórico da peça

Filipa Bulha Pereira

Al Bello

Partilhar

De todos os jogadores da NFL, Tom Brady é o mais procurado no que toca a réplicas de camisolas. O número 12 é o mais cobiçado e agora nem Brady sabe dele. Como assim?

É isso mesmo, o quarterback perdeu a camisola. Ou melhor, desapareceu. Segundo o atleta, tirou-a quando chegou ao balneário após a vitória sobre os Falcons, no domingo. No dia seguinte de manhã, ainda ninguém sabia da camisola.

O vice-governador do Texas, Dan Patrick, pediu ajuda às autoridades para encontrar o famoso (e misteriosamente desaparecido) número 12. “No Texas, valorizamos muito a hospitalidade e o futebol”, disse Patrick numa declaração feita na segunda-feira.

Parece uma comédia, mas não é. Aliás, estão em causa valores históricos (e, claro, monetários).

“A camisola de Tom Brady tem grande valor histórico e até já lhe chamam ‘o mais valioso artigo colecionável da NFL de sempre’. Provavelmente irá para o Hall of Fame um dia. É importante que a história não registe que foi roubada no Texas”, acrescentou o vice-governador.

Até agora, ainda está por esclarecer se foi realmente roubada ou se apenas a colocaram noutro lugar. O porta-voz da equipa não quis fazer comentários.

Dois fãs do jogador estiveram no centro das atenções após terem postado uma foto com a camisola do quarterback (uma réplica?). Junto à imagem, colocaram a hashtag #roubámosacamisoladele. Pouco tempo depois (ao saberem da polémica), acrescentaram uma hashtag que dizia algo como “não, não é esta a camisola”.

É difícil acreditar que esta história não é realmente uma comédia, certo?

Apesar de chateado (como se vê num vídeo gravado no balneário), Brady conseguiu brincar com a situação e disse que a camisola ainda acabaria num leilão online.

Ora, se uma réplica do famoso número 12 custa cerca de 120 dólares (pouco mais de 110 euros), imagine-se o original (ainda por cima usado na vitória histórica do mais recente Super Bowl).

Para já, Brady parece resignado e diz contentar-se com o anel de campeão. “O que é que se pode fazer?”, desabafou.