Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Elas trocaram mais de 700 pancadas em 10 minutos, mas ninguém ganhou o ponto

Li Jie e Hitomi Sato foram as protagonistas da maior disputa por ponto da história do ténis de mesa moderno. Vale a pena ver o vídeo

Evandro Furoni

Partilhar

Mais de 700 golpes trocados em 10 minutos... e mesmo assim nenhuma das atletas saiu com o ponto.

A holandesa Li Jie e a japonesa Hitomi Sato protagonizaram a maior disputa por um ponto na história do ténis de mesa moderno, num torneio do Qatar na semana passada.

O confronto ocorreu no início do primeiro set. Jie fez o serviço e Sato devolveu a bolinha sem forçar o ataque. Como ainda era o início da partida, nenhuma das duas atletas quis tomar a iniciativa e fazer uma ação mais aguda.

O resultado foram 766 trocas em 10 minutos e 13 segundos, a maior disputa por ponto da história do ténis de mesa moderno.

Sem a iniciativa das adversárias, o confronto foi encerrado apenas porque uma bola de outro jogo invadiu o espaço da disputa. Com isso, o confronto mais longo da modalidade foi encerrado sem que nenhuma das atletas o conquistasse.

Após a grande disputa, foi acionada a regra que impede grandes trocas de golpes sem agressividade. Pelas regras do ténis de mesa, se uma partida demora mais de dez minutos, os atletas servem de forma alternada. Se o defensor conseguir devolver o ataque 13 vezes consecutivas, automaticamente ganha o ponto.

No final, Li Jie superou a rival por 4 sets a 3.

Partilhar