Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Nicky Hayden: “danos cerebrais graves”, caso de “extrema gravidade”

O estado clinico do norte-americano Nicky Hayden, campeão mundial de MotoGP em 2006 e internado após ter sido atropelado quando circulava de bicicleta, continua a ser de "extrema gravidade" e "sem alteração", refere hoje em comunicado o hospital.

Lusa

Partilhar

De acordo com o Hospital Maurizio Bufalini, em Cesena, Itália, a situação clínica do motociclista norte-americano Nicky Hayden, atropelado por um carro quando seguia de bicicleta, "continua a ser de extrema gravidade e sem alteração em relação ao dia de quinta-feira".

O campeão do Mundo de Moto GP em 2006, passou a segunda noite na unidade de reanimação do hospital, que refere ainda que os vários ferimentos sofridos por Nicky Hayden causaram-lhe "danos cerebrais graves" e de "prognóstico reservado".

De acordo com a imprensa italiana, Hayden, de 36 anos, recebeu assistência médica logo no local do acidente e foi de seguida transportado para o hospital mais próximo em estado crítico.

O piloto norte-americano foi atingido enquanto circulava com um grupo de ciclistas e foi lançado para cima do automóvel que o abalroou, tendo partido o vidro da frente da viatura.

Hayden compete atualmente no campeonato do Superbikes, em que representa a equipa da Honda. O norte-americano tornou-se campeão de MotoGP em 2006 e é considerado uma lenda do desporto motorizado.