Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

A Volvo Ocean Race terá barcos voadores

A Volvo Ocean Race anunciou mudanças radicais na regata, incluindo novos barcos. Na próxima década, os veleiros usados na mais importante regata oceânica serão de 60 pés com foils e vão ter desafio extremo, talvez o mais radical desde a sua criação, em 1973, uma volta completa à Antártida. Já nas regatas In-Port, como a que decorre em Lisboa, as equipas vão usar catamarans voadores. O Expresso foi a Gotemburgo conhecer as novidades

Jaime Figueiredo

Museu da Volvo em Gotemburgo, Suécia

Partilhar

Previsão do tempo para dia 18 de maio em Gotemburgo: céu com sol durante todo dia. A temperatura começou baixa com 7ºC e elevou-se aos 20ºC ao fim da manhã, a contrastar com o dia chuvoso e frio do dia anterior. Não há nenhuma metáfora aqui, apenas um relato meteorológico.

O sol é muito bem-vindo no Norte da Europa e Gotemburgo, uma cidade com meio milhão de habitantes, não é exceção. Foi precisamente num ambiente quente e bem- disposto no museu da Volvo em Gotemburgo que Mark Turner, CEO da Volvo Ocean Race, subiu ao palco para desvendar o segredo mais bem guardado dos últimos meses e para apresentar uma visão ousada para a próxima década.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)