Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Saltadores latino-americanos vencem segunda etapa do Red Bull Cliff Diving nos Açores

Foi uma etapa renhida em S. Miguel. As principais promessas não alcançaram a liderança do pódio, cedendo os lugares a Orlando Duque e Adriana Jimenez

Liliana Coelho

Dean Treml/Red Bull Content Pool

Partilhar

A segunda etapa do Red Bull Cliff Diving World Series, que decorreu este fim semana no Ilhéu de Vila Franca do Campo, foi uma prova muito disputada com reviravoltas e surpresas até ao fim. Apesar de Gary Hunt e Rhiannan Iffland terem conseguido recuperar da primeira fase da prova não foi suficiente para alcançarem o primeiro lugar nas competições masculina e feminina.

A festa fez-se em castelhano. Foram dois atletas latino- americanos – o colombiano Orlando Duque e a mexicana Adriana Jimenez – que conseguiram as melhores pontuações nos saltos este domingo (346,5 e 303,5 pontos), conquistando o primeiro lugar do pódio nas provas de 27 e 21 metros respetivamente.

Quatro anos depois, o veterano da modalidade Orlando Duque, de 42 anos, voltou a vencer uma etapa da prova e pela primeira vez em solo açoriano. “Competi em todas as etapas disputadas neste incrível cenário, mas faltava-me uma vitória. Finalmente consegui lá chegar. Os outros atletas fizeram alguns pequenos erros e isso ajudou-me. É um resultado que me motiva muito para continuar e acreditar que posso chegar outra vez um título que venci em 2009”, afirmou Orlando Duque, em conferência de imprensa, após a vitória.

O atleta sublinhou que sentiu “boa energia do público” que assistia à prova e que torcia pelo seu triunfo. E voltou a elogiar o local escolhido para a realização da etapa nos Açores: “Isto é o Cliff Diving. Saltar diretamente da rocha.”

Dean Treml

Também a atleta mexicana se manifestou efusiva com a conquista do troféu. “Adoro este sítio e a competição. É muito especial. Obrigada pelo apoio. Estou sem palavras é muito grata por aquilo que alcancei aqui hoje”, confessou a atleta mexicana de 32 anos, que elege os Açores como uma das suas etapas de eleição.

Na prova feminina a australiana Helena Merten e a alemã Anna Bader conquistaram o segundo e o terceiro lugar. Steven LoBue (EUA) e Gary Hunt (Reino Unido) arrecadaram os outros lugares do pódio masculino.

O presidente da câmara de Vila Franca do Campo, Ricardo Amaral Rodrigues, deu os parabéns aos 22 atletas oriundos de nove países e destacou a importância do evento desportivo como “âncora do turismo internacional”.
Já a secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Ferreira, despediu-se dos saltadores até ao próximo ano, confirmando a realização da etapa da competição de 2018 nos Açores.

Partilhar