Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

O dia em que Muhammad Ali enfrentou um wrestler japonês

Antes de Floyd Mayweather e Conor McGregor houve outros combates entre lutadores de diferentes disciplinas. O mais famoso opôs a lenda do boxe ao nipónico Antonio Inoki e acabou com o público a pedir o dinheiro de volta

Nelson Marques

getty

Partilhar

Estamos em junho de 1976. Muhammad Ali, a lenda do boxe antes conhecida como Cassius Clay, está no último fôlego da sua carreira. Meses antes, em outubro de 1975, derrotara Joe Frazier no mítico combate de Manilla, mantendo o título mundial. Agora, o plano é retirar-se do boxe até ao final do ano.

Com o espetro da reforma a aproximar-se, parece apostado em ser figura de cartaz em combates promocionais com estrelas de outras modalidades, em troca de muitos milhões. No primeiro dia do mês, interrompe um combate de wrestling e provoca um dos intervenientes, Gorilla Monsoon, dançando e desferindo alguns murros na direção deste. Acaba lançado ao tapete e retira-se da luta sem glória.

A curta aparição serve de aquecimento para o muito aguardado combate com o wrestler japonês Antonio Inoki, a 26 desse mês.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)