Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

A voar sobre o rio Pete McLeod marcou tempo d’ouro

O piloto canadiano garantiu o melhor tempo na sessão de qualificação para a corrida deste domingo da Red Bull Air Race, ao voar mais rápido do que a concorrência sobre as águas do Douro

Partilhar

O campeonato da Red Bull Air Race chegou ao rubro às cidades do Porto e Vila Nova de Gaia, onde se realiza a antepenúltima prova da competição, com quatro pilotos separados por escassos dois pontos. Kirby Chambliss (40 pontos), Yoshihide Muroya e Martin Sonka (39), seguidos por Pete McLeod, com 38 pontos.

Na sessão de qualificação para a corrida deste domingo, foi Pete McLeold, de 33 anos, a marcar o tempo mais rápido, ao completar o traçado em 1 minuto e 07. 192 segundos. O canadiano conquistou as últimas quatro qualificações e alcançou três pódios nas últimas cinco corridas.

O piloto – a quem alguns dizem faltar consistência, por não conseguir vencer corridas – superou o veterano e líder do campeonato Kirby Chambliss, com uma diferença de 0, 750 segundos, recebendo os aplausos de mais de 250 mil espectadores.

O terceiro mais rápido – a 0, 780s do tempo registado por McLeod – é outro dos candidatos ao título, o nipónico Muroya, ao ter surpreendido com uma sólida prestação, depois de não ter participado nos treinos livres realizados esta sexta-feira.

O checo Martin Sonka acabou por não confirmar a boa performance lograda na última sessão de treinos livres, na qual marcou o melhor tempo, e não conseguiu ir além do sétimo posto na prova de qualificação.

Entre os 14 pilotos da categoria principal (“Master Class”), o espanhol Juan Velarde e o chileno Cristian Bolton não chegaram a voar na sessão de qualificação.

Para amanhã, domingo, a corrida da categoria principal divide-se em três momentos distintos, à medida que os pilotos mais lentos vão sendo eliminados: Ronda de 14 (14h), Ronda de 8 (15h05) e Final 4 (15h35).

Na categoria secundária (“Challenger Cup”), o alemão e líder da tabela classificativa Florian Berger registou o melhor tempo, ao completar o circuito aéreo em 1 minuto e 20, 742 segundos. O húngaro Daniel Genevey ficou com o segundo posto e o britânico Ben Murphy completa o pódio.

Maior assistência de sempre

Um total de 250 mil pessoas assistiram hoje no Porto à qualificação da Red Bull Air Race, prova de aviões acrobáticos, o que constitui um novo recorde num só dia de prova, anunciou a organização.

"Estão mais pessoas hoje no Porto a assistir à prova do que nos dois dias em algumas das anteriores etapas, o que é muito bom prenúncio", acrescentou a organização da prova, que entre sábado e domingo terá aviões a competir a 370 quilómetros por hora entre as margens Douro no Porto e em Vila Nova de Gaia.

O recorde anterior de assistência no Porto é de um milhão de espetadores, alcançado em 2008, numa edição em que no primeiro dia acorreram às duas margens 200 mil pessoas, abaixo do número hoje anunciado pela organização.

Partilhar