Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Europa, vinganças, reis quase de coroa na cabeça e Astros quase a tocar o céu – a semana desportiva vai ter isto tudo

Benfica, Sporting e FC Porto voltam às lides europeias, tal como Sp. Braga e V. Guimarães. No campeonato, os minhotos jogam com os rivais da capital e no ténis Rafael Nadal pode confirmar que é o melhor de 2017 (pelo menos no ranking). Do outro lado do Atlântico pode haver um novo e inédito campeão no basebol

Lídia Paralta Gomes

PEDRO NUNES/Reuters

Partilhar

Champions de volta depois da tempestade

Depois de uma das mais catastróficas jornadas europeias de que há memória para as equipas portuguesas (leia-se, tudo corrido a derrotas) eis que está de volta a Liga dos Campeões, o arranque da 2.ª volta de uma fase de grupos que não tem sido particularmente produtiva para Benfica, Sporting e FC Porto.

A situação mais periclitante é mesmo a do Benfica que, ainda por cima, terá de ir a Old Trafford tentar os primeiros pontos desta edição da Champions (3.ª feira, às 19h45, na RTP1 e Sport TV5). E tudo isto sem Luisão, castigado, e com Rúben Dias como mais que possível patrão da defesa encarnada (ainda que Jardel esteja entre os convocados). Seja qual for a opção, Jardel ou Lisandro López, certo certinho é que o Benfica vai defrontar o Manchester United com uma dupla de centrais inédita.

Também na terça-feira,o Sporting recebe a Juventus (às 19h45, na Sport TV1) depois de quase ter travado o campeão italiano em Turim - para os leões os jogos de Champions das duas últimas temporadas têm sido assim uma espécie de corrida de 800 metros truncada: entrar a matar, morrer antes do final.

Sporting quase surpreendeu a Juventus em casa: pode vingar-se agora em Alvalade

Sporting quase surpreendeu a Juventus em casa: pode vingar-se agora em Alvalade

MIGUEL MEDINA/Getty

Tentar aguentar o fôlego até à meta, que é como quem diz, até ao apito final, quais David Rudisha, será mais complicado sem Piccini e Mathieu: os dois defesas lesionaram-se no último jogo do campeonato, pelo que Jesus receberá a Juventus com um quarteto renovado - Ristovski e André Pinto deverão ser titulares. William Carvalho também é dor de cabeça: não esteve no treino desta segunda-feira, frase que, antes de um jogo com a Juventus, soa praticamente a apocalipse.

Se Benfica e Sporting não partem exatamente como favoritos para os respectivos duelos, o FC Porto terá um encontro mais equilibrado no Dragão com o RB Leipzig (quarta-feira, às 19h45, na Sport TV1). Um jogo que será, porventura, o mais importante para a equipa de Sérgio Conceição dos três que faltam, na medida em que uma vitória torna as contas do apuramento um pouco mais simples.

Liga Europa: a vingança minhota?

Se na Champions nada correu bem aos portugueses na última jornada, na Liga Europa o pecúlio não foi muito melhor e tanto Sp. Braga como V. Guimarães saíram derrotados dos encontros com o Ludogorets e Marselha, respetivamente.

Sp. Braga precisa de retificar a derrota sofrida em casa com o Ludogorets para voltar à liderança do grupo

Sp. Braga precisa de retificar a derrota sofrida em casa com o Ludogorets para voltar à liderança do grupo

FRANCISCO LEONG/Getty

Pois bem, nada como tentar a vingança já esta semana. Uma vitória dos bracarenses na Bulgária coloca a equipa de Abel Ferreira na liderança do Grupo C (quinta-feira, às 18h, na SIC), uma liderança roubada precisamente pelo Ludogorets após vencer em Braga por 2-0. Já para o V. Guimarães, que até esteve a vencer em Marselha, vinha a calhar uma vitória em casa frente aos franceses (em grande forma na Ligue 1), para ainda sonhar com a qualificação (quinta-feira, às 20h, na Sport TV1).

Campeonato: Lisboa contra o Minho, Antas versus Belém

Depois das emoções europeias, que se esperam mais agradáveis do que as de há duas semanas, no fim de semana há campeonato, pois claro, com duelos regionais de gabarito. Ainda antes do duplo confronto Lisboa-Minho, é o FC Porto que abre a jornada 11 para os grandes. No sábado, o líder do campeonato recebe o Belenenses (20h30, na Sport TV1), equipa em crescendo e que nos últimos cinco jogos venceu quatro - logo, todo o cuidado é pouco no Dragão.

Na última temporada, Wilson Eduardo marcou o golo que deu a vitória ao Sp. Braga em Alvalade

Na última temporada, Wilson Eduardo marcou o golo que deu a vitória ao Sp. Braga em Alvalade

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

No domingo chegam testes complicados para Benfica e Sporting. O campeão nacional vai até Guimarães (às 18h, na Sport TV1), terreno tradicionalmente difícil para toda a gente, mas onde o Benfica até tem sido feliz: há 5 anos que não perde no D: Afonso Henriques. Será ainda a repetição do primeiro jogo oficial da época dentro de portas. Em agosto os encarnados venceram a Supertaça por 3-1 frente à equipa de Pedro Martins, em Aveiro.

O Sporting, por seu turno, recebe o Sp. Braga, equipa que na última temporada foi ganhar a Alvalade, jogo que teve a curiosidade de ser o primeiro de Abel Ferreira aos comandos dos bracarenses - era apenas interino na altura e veja-se o estrago que fez. Agora, já como técnico oficial, vai tentar repetir um bom resultado (às 20h15, na Sport TV1).

Ténis: Teremos sempre Paris para acabar a época

É sempre o último torneio da época antes das ATP Finals e este ano tem o aliciante de poder consagrar Rafael Nadal como o número 1 mundial de 2017. Basta ao espanhol vencer um encontro no Masters 1000 de Paris-Bercy para que Roger Federer fique automaticamente fora da luta, mesmo que vença a prova que reunirá os oito melhores tenistas do ranking em Londres, de 12 a 19 de novembro.

Sairá Nadal de Paris com a coroa de número 1 mundial de 2017? É altamente provável

Sairá Nadal de Paris com a coroa de número 1 mundial de 2017? É altamente provável

Lintao Zhang/Getty

Roger Federer, que este fim de semana venceu, como habitualmente, diga-se, em casa, no ATP de Basileia, está a guardar-se para Londres e deixou a corrida do ranking para Nadal, que só se estreia no Masters de Paris na quarta-feira, frente ao sul-coreano Hyeon Chung (transmissão na Sport TV4).

Quem também estará em Paris é João Sousa, que joga na terça-feira frente ao italiano Paolo Lorenzi depois de ter ultrapassado a fase de qualificação durante o fim de semana.

Basebol: Um campeão inédito?

Depois de na última temporada termos tido um campeão que não sabia o que era vencer as World Series há 108 anos, eis que em 2017 há boas hipóteses de termos um campeão inédito na MLB, o campeonato norte-americano de basebol.

Os Houston Astros estão em vantagem nas World Series (3-2) frente aos LA Dodgers

Os Houston Astros estão em vantagem nas World Series (3-2) frente aos LA Dodgers

Jamie Squire/Getty

Os Houston Astros estão apenas a uma vitória de sucederem aos Chicago Cubs e a vitória pode chegar já na terça-feira, caso vençam fora o jogo 6 das finais, frente aos Los Angeles Dodgers. Um título que seria particularmente sentido, não só por ser o primeira, mas por a cidade texana ainda estar a lutar contra as consequências da passagem do furacão Harvey, em agosto.

Caso os Dodgers consigam levar as World Series para a negra, o encontro será disputado logo no dia seguinte, também em Los Angeles.