Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Para Valentino Rossi, os 40 são os novos 30. Ou 20

O piloto italiano Valentino Rossi (Yamaha), nove vezes campeão mundial de motociclismo, disse esta terça-feira que está inclinado para continuar a correr além dos 40 anos, mas só tomará uma decisão sobre o seu futuro no próximo ano

Lusa e Expresso

Jason Reed

Partilhar

"Decidirei sobre o meu futuro no final da próxima temporada", declarou à cadeia televisiva Sky Sport italiana Valentino Rossi, conhecido no mundo do motociclismo por 'Il Dottore' (O Doutor) e que completará 39 anos em fevereiro de 2018.

O piloto italiano, sete vezes campeão mundial na categoria 'rainha', seis em Moto GP e uma ainda nos 500 cc, foi submetido a uma intervenção cirúrgica no final de agosto para reduzir uma dupla fratura na tíbia-fíbula, sofrida num de treino de enduro.

Depois de ter falhado o Grande Prémio de San Marino, Valentino Rossi surpreendeu os mais otimistas ao retomar a competição no na prova de Aragão, em 23 de setembro, após apenas três semanas de ausência.

"Se me sentir competitivo ao fim de algumas corridas, gostaria de continuar por mais tempo", disse Rossi, que além dos títulos mundiais na categoria principal, também o foi em 250 cc (em 1999) e em 125 cc (em 1997).

O piloto da Yamaha já está fora das contas pela atribuição do título da presente temporada, pois está em 4.º lugar, e que está bem encaminhado para o espanhol Marc Marquez, que poderá conquistar no domingo o seu quarto título em cinco épocas.

"Estou concentrado na preparação do último Grande Prémio da temporada [Notes:em Valência] . Este é um momento importante para mim. A perna melhorou e já me sinto bem", adiantou Valentino Rossi, que já venceu em Espanha em 2003 e 2004.

Lusa