Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

“Já perdi o medo de contar a minha história”. Simone Biles acusa ex-médico da seleção dos EUA de abuso sexual

Larry Nassar foi condenado recentemente a 60 anos de prisão por crimes federais ligados a pornografia infantil

Lusa

Clive Brunskill/ Getty Images

Partilhar

A norte-americana Simone Biles, quádrupla campeã olímpica de ginástica, revelou esta segunda-feira na sua conta na rede social Twitter que foi abusada sexualmente pelo antigo médico da seleção dos EUA, Larry Nassar.

Este foi condenado recentemente a 60 anos de prisão por crimes federais ligados a pornografia infantil.

"A maior parte de vocês conhecem-me como uma jovem mulher feliz, sorridente e cheia de vitalidade", escreveu Simone Biles, que tem 20 anos, no Twitter.

"Mas recentemente senti-me esmagada e quanto mais procurava calar a voz na minha cabeça, mais a ouvia. Já perdi o medo de contar a minha história", avançou.