Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Ivo Oliveira: a primeira medalha de sempre é dele

O português assegurou a passagem à final de perseguição individual nos mundiais de ciclismo de pista. Ouro ou prata, Oliveira já garantiu uma medalha inédita para o país

Lusa e Expresso

Partilhar

Ivo Oliveira assegurou hoje a primeira medalha de sempre para Portugal em Campeonatos do Mundo de ciclismo de pista, ao qualificar-se para a final de perseguição individual, em Apeldoorn, na Holanda.

O corredor português fez o melhor tempo das eliminatórias, com 4.12,365 minutos, retirando mais de dois segundos à melhor marca portuguesa, que já lhe pertencia.

Ivo Oliveira, de 21 anos, vai disputar a medalha de ouro com Filippo Ganna, atual vice-campeão do mundo, numa reedição da final dos Europeus de 2017, então favorável ao italiano, que hoje também fixou um novo recorde italiano, em 4.13,622.

  • A família Oliveira tem “o dom de vencer”

    Modalidades

    Aos 19 anos, Ivo é vice-campeão da Europa em ciclismo de pista. O gémeo Rui também não lhe fica nada atrás: os Oliveira foram os primeiros portugueses a conquistar medalhas em competições internacionais nas provas de pista. O irmão mais velho, Hélder, também correu em estrada. Entre os três filhos ciclistas, a casa dos Oliveira já é quase um museu, com medalhas, camisolas e 500 troféus que deixam o patriarca Fernando inchado de orgulho. O Expresso republica este artigo de 2016 sobre os Oliveira no dia em que Ivo garantiu uma medalha inédita para o nosso país nos mundiais de pista na especialidade perseguição individual