Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Há precisamente 10 anos, Usain Bolt batia pela primeira vez o recorde do Mundo dos 100m

Foi a 31 de maio de 2008, no Reebok Grand Prix, disputado em Manhattan, Nova Iorque, que Usain Bolt se tornou oficialmente o homem mais rápido do Mundo, ao correr os 100 metros com a marca de 9,72 segundos

Lídia Paralta Gomes

Partilhar

Esta quinta-feira, 31 de maio de 2018, será um dia agridoce para Usain Bolt.

Por um lado, o melhor velocista de todos os tempos viu o Tribunal Arbitral do Desporto rejeitar o recurso interposto por Nesta Carter contra a desclassificação da estafeta jamaicana dos 4x100m, que venceu o ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. O que significa que a Bolt, que estava nessa estafeta, ficará mesmo sem um dos nove ouros que conquistou entre Pequim'2008, Londres'2012 e Rio'2016.

Mas pelo menos, há um efeméride para festejar. É que esta quinta-feira faz precisamente 10 anos que Usain Bolt se tornou no homem mais rápido do planeta, ao bater pela primeira vez o recorde do Mundo dos 100m. Foi no Reebok Grand Prix, realizado em Manhattan, Nova Iorque, onde o jamaicano foi ouro então com o tempo oficial de 9,72 segundos.

Poucos meses depois, Bolt tornar-se-ia numa estrela mundial ao conquistar três medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, nos 100m, 200m e 4x100m (este último agora retirado), todos eles acompanhados por recordes mundiais.

Nos 100 metros, os 9,58 segundos conseguidos por Bolt nos Mundiais de 2009 continuam hoje a ser recorde do Mundo.

No Instagram, Bolt preferiu festejar o bom e esquecer o mau e foi com um vídeo da corrida que o imortalizou que marcou este 31 de maio de 2018.

Instagram