Tribuna Expresso

Perfil

motos

GP da Áustria: Miguel Oliveira ganha quatro lugares

Décimo-oitavo na qualificação para a corrida de Moto2, o português terminou na 14.ª posição, a menos de um segundo do 11.º, o alemão Sandro Cortese (Kalex)

Pedro Roriz

O francês Johann Zarco está cada vez mais perto de revalidar o título

CHRISTIAN BRUNA/EPA

Partilhar

A corrida de Moto2 foi dominada pelo francês Johann Zarco (Kalex), que está cada vez mais perto de revalidar o título, e viveu do intenso duelo travado entre o italiano Franco Morbidelli (Kalex), o espanhol Alex Rins (Kalex) e o austríaco Thomas Luhti (Kalex), que se classificaram por esta ordem. O austríaco perdeu o pódio por 0,091”.

Por sua vez, Miguel Oliveira partiu mal, caiu para 25.º posição, que ocupava no final da primeira volta. Na 12.ª volta chegou em 13.º, mas acabaria por perder uma posição na luta pelo 11.º lugar, com os quatro a terminarem colados.

A “dobradinha” da Ducati, que alcançou a primeira vitória da temporada, foi sensacional - o italiano Andrea Iannone, que já tinha sido o mais rápido na qualificação, assegurou a vitória, à frente do seu compatriota Andrea Dovizioso, que terminou a menos de um segundo do vencedor.

Na “guerra” da Yamaha, o espanhol Jorge Lorenzo, que completou o pódio, levou a melhor sobre o italiano Valentino Rossi, com a dupla da marca japonesa a reduzir, de forma ligeira, a desvantagem pontual para Marc Marquez. O espanhol da Honda foi quinto, apesar da queda dada na véspera, que o levou a passar pelo hospital como medida de precaução.

Com o sol de volta, ao contrário do que sucedera na Alemanha, a corrida de Moto3 voltou a ser emocionante, com os cinco primeiros a terminarem separados por menos de um segundo. O espanhol Joan Mir (KTM) assegurou a vitória à frente do sul-africano Brad Binder (KTM), que, devido à queda do espanhol Jorge Navarro (Honda), seu adversário mais directo adversário na luta pelo título, cimentou a posição de comandante do campeonato. O italiano Enea Bastianini (Honda) completou o pódio.

Classificações

Corridas

MOTO2 – 1.º, Johann Zarco (Kalex), 25 voltas (107,950 km), em 37’34,180” (172,3 km/h); 2.º, Franco Morbidelli (Kalex), a 3,058”; 3.º, Alex Rins (Kalex), a 3,376”; 4.º, Thomas Luthi (Kalex), a 3,467”; 5.º, Marcel Schortter (Kalex), a 4,740”; 6.º, Alex Marquez (Kalex), a 9,416”; 7.º, Takaaki Nakagami (Kalex), a 10,178”; 8.º, Lorenzo Baldassarri (Kalex), a 11,951”; 9.º, Axel Pons (Kalex), a 12,801”; 10.º, Dominique Aeerter (Kalex), a 13,977”; …; 14.º, Miguel Oliveira (Kalex), a 18,830”. Classificaram-se mais 12 pilotos.

MOTOGP – 1.º, Andrea Iannone (Ducati), 28 voltas (120,904 km), em 39’46,255” (182,4 km/h); 2.º, Andrea Dovizioso (Ducati), a 0,938”; 3.º, Jorge Lorenzo (Yamaha), a 3,389”; 4.º, Valentino Rossi (Yamaha), a 3,815””; 5.º, Marc Marquez (Honda), a 11,813”; 6.º, Maverick Viñales (Suzuki), a 14,341”; 7.º, Dani Pedrosa (Honda), a 17,063”; 8.º, Scott Redding (Ducati), a 29,437”; 9.º, Bradley Smith (Yamaha), a 29,785”; 10.º, Pol Espargaro (Yamaha), a 37,094”. Classificaram-se mais nove pilotos.

MOTO3 – 1.º, Joan Mir (KTM), 23 voltas (99,314 km), em 37’23,325” (159,3 km/h); 2.º, Brad Binder (KTM), a 0,279”; 3.º, Enea Bastianini (Honda), a 0,431”; 4.º, Fábio Quartararo (KTM), a 0,439”; 5.º, Philip Oettl (KTM), a 0,600”; 6.º, Jorge Martin (Mahindra), a 4,134”; 7.º, Bo Bensneyder (KTM), a 4,161”; 8.º, Fábio Di Giannantonio (Honda), a 4,970”; 9.º, Nicola Bulega (KTM), a 4,972”; 10.º, Lívio Loi (Honda), a 5,262”. Classificaram-se mais 20 pilotos.

Classificações dos “Mundiais”, depois da prova austriaca:

Pilotos

MOTO2 – 1.º, Johann Zarco, 176; 2.º, Alex Rins, 142 pontos; 3.º, Sam Lowes, 121; 4.º, Thomas Luthi, 106; 5.º, Takaaki Nakagami, 92; 6.º, Franco Morbidelli, 86; 7.º, Jonas Folger, 83; 8.º, Dominique Aegerter, 71; 9.º, Hafizh Syahrin, 69; 10.º, Simone Corsi, 59; …; 18.º, Miguel Oliveira, 26. Estão classificados mais 11 pilotos.

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez, 181 pontos; 2.º, Jorge Lorenzo, 138; 3.º, Valentino Rossi, 124; 4.º, Dani Pedrosa, 105; 5.º, Maverick Viñales, 93; 6.º, Andrea Iannone, 88; 7.º, Andrea Dovizioso, 79; 8.º, Pol Espargaro, 78; 9.º, Hector Barbera, 65; 10.º, Scott Redding, Eugene Laverty, 53. Estão classificados mais 11 pilotos

MOTO3 – 1.º, Brad Binder, 179 pontos; 2.º, Jorge Navarro, 112; 3.º, Romano Fenati, 93; 4.º, Francesco Bagnaia, 90; 5.º, Nicolo Bulega, 82; 6.º, Enea Bastianini, 81; 7.º, Joan Mir, 75; 8.º, Fábio DI Giannantonio, 66; 9.º, Niccolo Antonelli, 63; 10.º, Jakub Kornfeil, 58. Estão classificados mais 19 pilotos

Marcas

MOTO2 – 1.º, Kalex, 250 pontos; 2.º, Speed Up, 89; 3.º, Tech 3, 13

MOTOGP – 1.º, Yamaha, 202 pontos; 2.º, Honda 196; 3.º, Ducati, 149; 4.º, Suzuki, 99; 5.º, Aprilia, 51