Tribuna Expresso

Perfil

motos

Moto2. Miguel Oliveira no meio da quarta linha

Miguel Oliveira (Kalex) registou o 11.º tempo na qualificação para a corrida de Moto2, no traçado checo de Brno, depois de ter estado grande parte da sessão na oitava posição da tabela de tempos

Pedro Roriz

Miguel Oliveira

Mirco Lazzari gp/ Getty Images

Partilhar

A qualificação para a corrida de Moto2 ficou marcada pela violenta queda do suíço Thomas Luthi (Kalex), a cinco minutos do final da sessão, que foi interrompida, com o piloto a ser conduzido ao hospital, restando saber se será autorizado a alinhar amanhã na corrida para a qual está qualificado na quinta posição.

Embalado pela vitória na corrida anterior (Áustria), o francês Johann Zarco (Kalex) garantiu a “pole position”, à frente do inglês Sam Lowes (Kalex) e do espanhol Alex Marquez (Kalex), com uma vantagem superior a 0,1”.

Miguel Oliveira confirmou a sua evolução e esteve muito perto de entrar no “top ten”, sendo de assinalar que o piloto português ficou a menos de um segundo de Johann Zarco.

Entre as MotoGP, vantagem espanhola, com Marc Marquez (Honda) a levar a melhor sobre Jorge Lorenzo (Yamaha), com o italiano Andrea Iannone (Ducati), vencedor no Red Bull Ring, a completar a primeira linha de uma grelha que tem três motos de marcas diferentes, a exemplo do que sucede nas duas seguintes.

Finalmente, na Categoria Moto3, o sul-africano Brad Binder (KTM), que comanda o campeonato, foi o mais rápido na qualificação, à frente dos italianos Andrea Migno (KTM) e Ener Bastianinni (Honda), o que pode ser o primeiro passo para somar mais uma vitória e cimentar a posição de comandante do respectivo campeonato.

Grelhas de partida

Corridas

MOTO2 – 1.ª linha: Johann Zarco (Kalex), 2’01,501”; Sam Lowes (Kalex), 2’01,614”; Alex Marquez (Kalex), 2’01,831”; Takaaki Nakagami (Kalex), 2’02,046”; Thomas Luthi (Kalex), 2’02,049”; Franco Morbidelli (Kalex), 2’02,099”; 3.ª linha: Alex Rins (Kalex), 2’02,129”; Danny Kent (Kalex), 2’02,389”; Jonas Folger (Kalex), 2’02,293”; 4,ª linha: Simone Corsi (Speed Up), 2’02,315”; Miguel Oliveira (Kalex), 2’02,372”; Marcel Schortter (Kalex), 2’02,380”. Alinham mais 17 pilotos.

MOTOGP – 1.ª linha: Marc Marquez (Honda), 1’54,596”; Jorge Lorenzo (Yamaha), 1’54,849”; Andrea Iannone (Ducati) 1’55,227”; 2.ª linha: Aleix Espargaro (Suzuki), 1’55,324”; Hector Barbera (Ducati), 1’55,437”; Valentino Rossi (Yamaha), 1’55,509”; 3.ª linha: Andrea Dovizioso (Ducati), 1’55,748”; Maverick Viñales (Suzuki), 1’55,787”; Dani Pedrosa (Honda), 1’55,841”. Alinham mais 11 pilotos.

MOTO3 – 1.ª linha: Brad Binder (KTM), 2’07,875”; Andrea Migno (KTM), 2’07,943”; Enea Bastianini (Honda), 2’08,042”; 2.ª linha: Jorge Martin (Mahindra), 2’08,138”; Fábio Di Giannantonio (Honda), 2’08,257”; Nicola Bulega (KTM), a 2.08,333”; 3.ª linha: Niccolo Antonelli (Honda), 2’08,337”; Philip Oettl (KTM), 2’08,452”; Aron Canet (Honda), 2’08,495”. Alinham mais 24 pilotos.

Classificações dos “Mundiais”, antes da prova checa:

Pilotos

MOTO2 – 1.º, Johann Zarco, 176; 2.º, Alex Rins, 142 pontos; 3.º, Sam Lowes, 121; 4.º, Thomas Luthi, 106; 5.º, Takaaki Nakagami, 92; 6.º, Franco Morbidelli, 86; 7.º, Jonas Folger, 83; 8.º, Dominique Aegerter, 71; 9.º, Hafizh Syahrin, 69; 10.º, Simone Corsi, 59; …; 18.º, Miguel Oliveira, 26. Estão classificados mais 11 pilotos.

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez, 181 pontos; 2.º, Jorge Lorenzo, 138; 3.º, Valentino Rossi, 124; 4.º, Dani Pedrosa, 105; 5.º, Maverick Viñales, 93; 6.º, Andrea Iannone, 88; 7.º, Andrea Dovizioso, 79; 8.º, Pol Espargaro, 78; 9.º, Hector Barbera, 65; 10.º, Scott Redding, Eugene Laverty, 53. Estão classificados mais 11 pilotos

MOTO3 – 1.º, Brad Binder, 179 pontos; 2.º, Jorge Navarro, 112; 3.º, Romano Fenati, 93; 4.º, Francesco Bagnaia, 90; 5.º, Nicolo Bulega, 82; 6.º, Enea Bastianini, 81; 7.º, Joan Mir, 75; 8.º, Fábio DI Giannantonio, 66; 9.º, Niccolo Antonelli, 63; 10.º, Jakub Kornfeil, 58. Estão classificados mais 19 pilotos

Marcas

MOTO2 – 1.º, Kalex, 250 pontos; 2.º, Speed Up, 89; 3.º, Tech 3, 13

MOTOGP – 1.º, Yamaha, 202 pontos; 2.º, Honda 196; 3.º, Ducati, 149; 4.º, Suzuki, 99; 5.º, Aprilia, 51

MOTO3 – 1.º, KTM, 217 pontos; 2.º, Honda, 205; 3.º, Mahindra, 107; 4.º, Peugeot, 20

Equipas

MOTOGP – 1.º, Repsol Honda Team, 286 pontos; 2.º, Movistar Yamaha MotoGP, 262; 3.º, Ducati Team, 167; 4.º, Team Suzuki Ecstar, 144; 5.º, Monster Yamaha Tech 3, 120; 6.º, Octo Pramac Yakhnich, 94; 7.º, Avintia Racing, 77; 8.º, Aprilia Racing Team Gressini, 72; 9.º, Estrela Galicia 0,0 Marc, 62; 10.º, Pull & Bear Aspar Team, 56; 10.º, LCR Honda, 41

Próxima prova – Grande Prémio da República Checa, no Circuito de Brno, dia 21 de Agosto