Tribuna Expresso

Perfil

motos

GP do Japão: Marc Marquez campeão

O espanhol Marc Marquez (Honda) conquistou o título mundial de MotoGP, o terceiro da carreira, depois de vencer o GP do Japão realizado no traçado de Motegi

Pedro Roriz

KIMIMASA MAYAMA/EPA

Partilhar

Para o título do espanhol muito contribuiu a queda de Valentino Rossi (Yamaha), na sétima volta, quando era segundo atrás do vencedor. Se o italiano tivesse mantido a posição até ao final, adiaria, pelo menos, mais uma semana a decisão do ceptro.

Assim, Marc Marquez festejou o título com três jornadas de avanço, com o italiano Andrea Dovizioso (Ducati) e o seu compatriota (Maverick Viñales (Suzuki) a completarem o pódio, tirando partido da queda de Jorge Lorenzo (Yamaha), que tinha rendido o seu colega de equipa na perseguição do comandante.

A categoria de Moto2 é a única que tem o título por decidir, mas o francês Johann Zarco (Kalex), segundo em Motegi, atrás do suíço Thomas Luthi (Kalex), pode ter dado um importante passo rumo ao ceptro, ao aumentar para 21 pontos a vantagem sobre o espanhol Alex Rins (Kalex), que não foi além do 20.º lugar e não pontuou. O suíço entra assim na corrida, já que dista 43 pontos de Johann Zarco, quando há 75 em jogo. O italiano Franco Morbidelli (Kalex) completou o pódio da categoria.

Finalmente, em Moto3, vitória do italiano Enea Bastianini (Honda) que bateu, por 0,017”, o sul-africano Brad Binder (KTM), já com o título no bolso. O italiano Nicola Bulega (Honda) completou o pódio.

Classificações

Corridas

MOTO2 – 1.º, Thomas Luthi (Kalex), 23 voltas (110,423 km), em 42’45,854” (154,9 km/h); 2.º, Johann Zarco (Kalex), a 0,386”; 3.º, Franco Morbidelli (Kalex), a 5,863”; 4.º, Takaaki Nakagami (Kalex), a 6,090”; 5.º, Sandro Cortese (Kalex), a 16,246”; 6.º, Simone Corsi (Speed Up), a 20,404”; 7.º, Mattia Pasini (Kalex), a 20,693”; 8.º, Julian Simon (Speed Up), a 20,760”; 9.º, Marcel Schrotter (Kalex), a 24,394”; 10.º, Xavier Simeon (Speed Up), a 27,113”. Classificaram-se mais 12 pilotos.

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez (Honda), 24 voltas (115,224 km), em 42’34,610”” (162,3 km/h); 2.º, Andrea Dovizioso (Ducati), a 2,992”; 3.º, Maverick Viñales

(Suzuki), a 4,104”; 4.º, Aleix Espargaro (Suzuki), a 4,726”; 5.º, Cal Crutchlow (Honda), a 15,049”; 6.º, Pol Espargaro (Suzuki), a 19,654”; 7.º, Álvaro Bautista (Aprilia), a 23,032”; 8.º, Danilo Petrucci (Ducati), a 28,555; 9.º, Scott Redding (Ducati), a 28,802”; 10.º, Stefan Bradl (Aprilia), a 32,330”. Classificaram-se mais oito pilotos.

MOTO3 – 1.º, Enea Bastianini (Honda), 20 voltas (96,020 km), em 39’24,273” (146,2 km/h); 2.º, Brad Binder (KTM), a 0,017”; 3.º, Nicola Bulega (KTM), a 4,002”; 4.º, Philipp Oetil (KTM), a 5,119”. 5.º, Fábio Di Giannantonio (Honda), a 6,288”; 6.º, Francesco Bagnaia (Mahindra), a 7,739”; 7.º, Lívio Loi (Honda), a 7,749”; 8.º, Fábio Quartarari (KTM), a 8,344”; 9.º, Joan Mir (KTM), a 8,880”; 10.º, Niccolo Antonelli (Honda), a 9,037”. Classificaram-se mais 16 pilotos.

Classificações dos “Mundiais”, depois da prova japonesa:

Pilotos

MOTO2 – 1.º, Johann Zarco, 222 pontos; 2.º, Alex Rins, 201 pontos; 3.º, Thomas Luthi, 179; 4.º, Sam Lowes, 162; 5.º, Franco Morbidelli, 157; 6.º, Takaaki Nakagami, 148; 7.º, Jonas Folger, 133; 8.º, Hafizh Syahrin, 106; 9.º, Lorenzo Baldassarri, 99; 10.º, Simone Corsi, 84; …; 20.º, Miguel Oliveira, 33. Estão classificados mais 12 pilotos.

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez, 273 pontos; 2.º, Valentino Rossi, 196; 3.º, Jorge Lorenzo, 182; 4.º, Maverick Viñales, 165; 5.º, Dani Pedrosa, 155; 6.º, Andrea Dovizioso, 124; 7.º, Cal Crutchlow, 116; 8.º, Pol Espargaro, 106; 9.º, Andrea Iannone, 96; 10.º, Hector Barbera, 84. Estão classificados mais 16 pilotos

MOTO3 – 1.º, Brad Binder, 269 pontos; 2.º, Enea Bastianini, 164; 3.º, Jorge Navarro, 143; 4.º, Nicolo Bulega, 129; 5.º, Joan Mir, 124; 6.º, Fábio Di Giannantonio, 122; 7.º, Francesco Bagnaia, 120; 8.º, Romano Fenati, 93; 9.º, Niccolo Antonelli, 87. 10.º, Jakub Kornfeil, 83. Estão classificados mais 21 pilotos

Marcas

MOTO2 – 1.º, Kalex, 375 pontos; 2.º, Speed Up, 117; 3.º, Tech 3, 29; 4.º, Suter, 6

MOTOGP – 1.º, Honda, 316 pontos; 2.º, Yamaha, 288 3.º, Ducati, 207; 4.º, Suzuki, 171; 5.º, Aprilia, 81

MOTO3 – 1.º, KTM, 316 pontos; 2.º, Honda, 301; 3.º, Mahindra, 167; 4.º, Peugeot, 50

Equipas

MOTOGP – 1.º, Repsol Honda Team, 429 pontos; 2.º, Movistar Yamaha MotoGP, 378; 3.º,Team Suzuki Ecstar, 247; 4.º, Ducati Team, 233; 5.º, Monster Yamaha Tech 3, 154; 6.º, Octo Pramac Yakhnich, 132; 7.º, Aprilia Racing Team Gressini, 118; 8.º, LCR Honda, 116; 9.º, Avintia Racing, 109; 10.º, Pull & Bear Aspar Team, 848; 10.º, Estrela Galicia 0,0 Marc, 72

Próxima prova – Grande Prémio da Austrália, no Circuito de Philipp Island, dia 23 de Outubro