Tribuna Expresso

Perfil

motos

Espanhóis dominam qualificações

Os espanhóis Alex Marquez (Suter – Moto2), Dani Pedrosa (Honda – MotoGP) e Jorge Martin (Honda – Moto3) asseguraram a “pole position” das respectivas categorias para o GP de Espanha, que decorre no traçado de Jerez de la Frontera

Pedro Roriz

Mirco Lazzari gp/Getty Images

Partilhar

Como é habitual, o traçado espanhol foi invadido por portugueses, a maior parte deles “motards”, que foram apoiar Miguel Oliveira (KTM), o qual correspondeu ao registar o quarto tempo da qualificação, depois de ter estado sempre entre os mais rápidos nas várias sessões de treinos livres. Foi 0,049” mais lento do que Alex Marquez, que alcançou a primeira “pole” em Moto2.

O italiano Franco Morbidelli (Kalex), que venceu as três corridas efectuadas, parte da segunda posição com o suíço Dominique Aegerter (Suter) a completar a primeira linha da grelha. Miguel Oliveira, ao arrancar em quarto, pode ter fundadas esperanças de regressar ao pódio, onde esteve em Termas de Rio Hondo.

Com 12 dos 32 pilotos presentes no mesmo segundo, é fácil adivinhar uma corrida emotiva e de resultados imprevisíveis, embora o traçado do sul de Espanha seja um dos preferidos do “motard” português, que está à procura da primeira vitória na categoria.

Na categoria rainha, MotoGP, o espanhol Dani Pedrosa (Honda) garantiu a primeira “pole position” do ano, depois de ter sido o mais rápido na maior parte das sessões de treinos livres, tendo a seu lado o seu colega de equipa e campeão em título, Marc Marquez (Honda), batido por 0,049”, depois de tudo ter feito na derradeira volta de qualificação para chegar ao primeiro lugar da linha de partida.

O inglês Cal Crutchlow (Honda) completa a primeira linha da grelha, enquanto o comandante do campeonato, o italiano Valentino Rossi (Yamaha) vai partir de sétimo, atrás do espanhol Maverick Viñales (Yamaha), do italiano Andrea Iannone (Suzuki) e do francês Johann Zarco (Yamaha).

Em Moto3, o espanhol Jorge Martin (Honda) assegurou a “pole position”, a segunda da sua carreira, depois da alcançada na jornada de abertura no traçado de Losail (Qatar), e obteve o melhor tempo absoluto de uma Moto3, no traçado espanhol.

O seu compatriota Aron Canet (Honda), que tinha sido mais rápido na qualificação na prova anterior (Austin – Estados Unidos) e o italiano Romano Fenati (Honda) completam a primeira linha da grelha. Já o espanhol Joan Mir (Honda), que comanda o campeonato, vai partir da sétima posição da grelha, por ter visto anulado o tempo que lhe dava o quarto lugar da hierarquia, por ter ultrapassado os limites da pista.

Grelhas de partida

MOTO2 – 1.ª linha: Alex Marquez (Kalex), 1’42,000”; Franco Morbidelli (Kalex), 1’42,126”; Dominique Aegerter (Suter), 1’42,312”; 2.ª linha: Miguel Oliveira (KTM); 1’42,409”; Mattia Pasini (Kalex), 1’42,598”; Francesco Bagnaia (Kalex), 1’42,704”; 3.ª linha: Xavi Vierge (Tech 3) 1’42,763”; Takaaki Nagakami (Kalex), 1’42,834”; Marcel Schortter (Suter), 1’42,870”. Alinham mais 23 pilotos

MOTOGP – 1.ª linha: Dani Pedrosa (Honda), 1’38,249”; Marc Marquez (Honda), 1’38,298”; Cal Crutchlow (Honda), 1’38,453”; 2.ª linha: Maverick Viñales (Yamaha), 1’38,677”; Andrea Iannone (Suzuki), 1’38,744”; Johan Zarco (Yamaha), 1’38,861”; 3.ª linha: Valentino Rossi (Yamaha), 1’38,908”; Jorge Lorenzo (Ducati), 1’38,910”; Jonas Folger (Yamaha), 1’39,108”. Alinham mais 14 pilotos

MOTO3 – 1.ª linha: Jorge Martin (Honda), 1’46,004”; Aron Canet (Honda), 1’46,661”; Romano Fenati (Honda), 1’46,518”; 2.ª linha: Nicola Bulega (KTM), 1’46,655”; Marcos Ramirez (KTM), 1’46,700”; Niccolo Antonelli (KTM), 1’46,757”; 3.ª linha: Tasuki Suzuki (Honda), 1’46,788”; Andrea Migno (KTM), 1’46,835”; Joan Mir (Honda), 1’47,838”. Alinham mais 24 pilotos.

Classificação dos “Mundiais”, antes da prova espanhola:

PILOTOS

MOTO2 – 1.º, Franco Morbidelli, 75 pontos; 2.º, Thomas Luthi, 56; 3.º, Miguel Oliveira, 43; 4.º,Takaaki Nakagami, 32; 5.º, Xavier Vierge, 25; 6.º, Alex Marquez, 24; 7.º Lorenzo Baldassarri, 21; 8.º, Luca Martini, 20; 10.º, Simone Corsi, 19. Estão classificados mais 11 pilotos

MOTOGP – 1.º, Valentino Rossi, 56 pontos; 2.º, Maverick Viñales, 50; 3.º, Marc Marquez, 38; 4.º, Andrea Dovizioso, 30; 5.º, Cal Crutchlow, 29; 6.º, Dani Pedrosa, 27; 7.º, Johann Zarco, 22; 8.º, Jonas Folger, Scott Redding, Jack Miller, 21. Estão classificados mais 12 pilotos

MOTO3 – 1.º, Joan Mir, 58 pontos; 2.º, Jorge Martin, 52; 3.º, John McPhee, 49; 4.º, Romano Fenati, 45; 5.º, Andrea Migno, 25; 6.º, Fabio Di Giannantonio, 24; 7.º, Philipp Oetil, 20; 8.º, Aron Canet, 18; 9.º, Juanfran Guevara, 17; 10.º, Livio Loi, 15. Estão classificados mais 13 pilotos.

MARCAS

MOTO2 – 1.º, Kalex, 75 pontos; 2.º, KTM, 43; 3.º, Tech3, 25; 4.º, Suter, 24; 5.º, Speed Up, 19

MOTOGP – 1.º, Yamaha, 70 pontos; 2.º, Honda, 54; 3.º, Ducati, 43; 4.º, Suzuki, 16; 5.º, Aprilia, 10; 6.º, KTM, 2

MOTO3 – 1.º, Honda, 75 pontos; 2.º, KTM, 34

EQUIPAS

MOTOGP – 1.º, Movistar Yamaha MotoGP, 106 pontos; 5.º, Repsol Honda Team, 65; 3.º, Monster Yamaha Tech 3, 43; 4.º, Ducati Team, 42; 5.º, Octo Pramac Racing, 38; 6.º, LCR Honda, 29; 7.º, EG 0,0 Marc VDS, 29; 8.º, Pull&Bear Aspar Team, 22; 9.º, Reale Avintia Racing, 17; 10.º, Team Suzuki Ecstar, 16; 11.º, Aprilia Racing Team Gresini, 10; 12.º, Red Bull KTM Factory Racing, 3