Tribuna Expresso

Perfil

motos

Miguel Oliveira (KTM) na terceira linha

De regresso ao traçado onde ganhou pela primeira vez uma corrida de Moto3, o português Miguel Oliveira (KTM) registou o nono tempo na qualificação e vai partir da terceira linha para a corrida, que tem lugar a 4 de junho, no traçado italiano de Mugello

Pedro Roriz

Maverick Viñales na qualificação em MotoGP no circuito de Mugello

LUCA ZENNARO/EPA

Partilhar

A correr em casa, e para alegria dos 'tiffosi', o italiano Franco Morbidelli (Kalex), que tem dominado a temporada, como o atestam as quatro vitórias em cinco corridas, assegurou este sábado, dia 3 de junho, a 'pole position', à frente do espanhol Alex Marquez (Kalex), ao tirar partido, na derradeira volta, do efeito de 'aspiração', o que lhe permitiu suplantar o seu adversário por 0,031”, e do finlandês Mattia Pasini (Kalex).

Por sua vez, Miguel Oliveira ficou a 0,810” da primeira posição da grelha, mas ficou bem posicionado para discutir um lugar no pódio, sendo de forma clara o melhor dos pilotos da marca austríaca.

Entretanto, refira-se que foi revelado, em Mugello, que, a partir de 2019, a Triumph fornecerá, em exclusivo, motores para a categoria Moto2, sendo o acordo válido por três anos.

Em MotoGP, o espanhol Maverick Viñales (Yamaha), que comanda o campeonato, assegurou a terceira 'pole position' da temporada, à frente do seu colega de equipa, o italiano Valentino Rossi (Yamaha), que surgiu recuperado da queda dada, a semana passada, quando praticava motocross e que o levou a ser internado no hospital, para exames, que nada detetaram de grave, como se constatou pelo seu comportamento em pista, com o italiano a registar o segundo tempo, na sua derradeira tentativa.

O italiano Andrea Dovizioso (Ducati) completa a primeira linha da grelha, com um italiano, Michele Pirro (Ducati) e dois espanhóis, Dani Pedrosa (Honda) e Marc Marquez (Honda) a partilharem a segunda linha de uma grelha que tem nas seis primeiras posições três italianos e três espanhóis.

Em Moto3, terceira 'pole position' consecutiva para o espanhol Jorge Martin (Honda), à frente do inglês John McPhee (Honda) e do seu compatriota, Joan Mir (Honda), que comanda o campeonato.

Desilusão para o italiano Fabio Di Giannantonio (Honda) que, a 'correr em casa', apoiado pelo público e depois de ter dominado as sessões de treinos livres, não conseguiu melhor que o quarto tempo, o que lhe permite abrir a segunda linha da grelha.

Grelhas de partida

MOTO2 – 1.ª linha: Franco Morbidelli (Kalex), 1’51,679”; Alex Marquez (Kalex), 1’51,715”; Mattia Pasini (Kalex), 1’51,758”; 2.ª linha: Thomas Luthi (Kalex), 1’52,045”; Takaaki Nagakami (Kalex), 1’52,173”; Luca Marini (Kalex), 1’52,292; 3.ª linha: Jorge Navarro (Kalex), 1’52,389”; Lorenzo Baldassarri Kalex), 1’52,427”; Miguel Oliveira (KTM); 1’52,489”. Alinham mais 24 pilotos

MOTOGP – 1.ª linha: Maverick Viñales (Yamaha), 1’46,575”; Valentino Rossi (Yamaha), 1’46,814”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’46,835”; 2.ª linha: Michele Pirro (Ducati), 1’46,878; Dani Pedrosa (Honda), 1’46,999”; Marc Marquez (Honda), 1’47,050”; 3.ª linha: Jorge Lorenzo (Ducati), 1’47,152”; Alvaro Bautista (Ducati), 1’47,167”; Danilo Petrucci (Ducati), 1’47,266”. Alinham mais 15 pilotos

MOTO3 – 1.ª linha: Jorge Martin (Honda), 1’57,176”; John McPhee (Honda), 1’57,324”; Joan Mir (Honda), 1’57,370”; 2.ª linha: Fabio De Giannantonio (Honda), 1’57,595”; Nicolo Bulega (KTM), 1’57,768”; Juanfran Guevara (KTM), 1’57,912”; 3.ª linha: Romano Fenati (Honda), 1’57,954”; Marcos Ramirez (KTM), 1’57,978”; Bo Bensneyder (KTM), 1’57,993”. Alinham mais 22 pilotos.

Classificação dos 'Mundiais', antes da prova italiana:

PILOTOS

MOTO2 – 1.º, Franco Morbidelli, 100 pontos; 2.º, Thomas Luthi, 80; 3.º, Alex Marquez, 62; 4.º, Miguel Oliveira, 59; 5.º, Francesco Bagnaia, 53; 6.º,Takaaki Nakagami, 41; 7.º, Dominique Aegerter, 37; 8.º, Xavier Vierge, 32; 9.º, Luca Martini, 31; 10.º, Simone Corsi, 27. Estão classificados mais 15 pilotos

MOTOGP – 1.º, Maverick Viñales, 85 pontos; 2.º, Dani Pedrosa, 68; 3.º, Valentino Rossi, 62; 4.º, Marc Marquez, 58; 5.º, Johann Zarco, 55; 6.º, Andrea Dovizioso, 54; 7.º, Cal Crutchlow, 40; 8.º, Jorge Lorenzo, Jonas Folger, 38; 10.º, Jack Miller, 29. Estão classificados mais 14 pilotos

MOTO3 – 1.º, Joan Mir, 99 pontos; 2.º, Romano Fenati, 65; 3.º, Aron Canet, 63; 4.º, Jorge Martin, 59; 5.º, John McPhee, 53; 6.º, Fabio Di Giannantonio, 51; 7.º, Andrea Migno, 43; 8.º, Marcos Ramirez, 36; 9.º, Juanfran Guevara, 34; 10.º, Enea Bastianini, 31. Estão classificados mais 20 pilotos.

MARCAS

MOTO2 – 1.º, Kalex, 125 pontos; 2.º, KTM, 62; 3.º, Suter, 44; 4.º, Tech 3, 32; 5.º, Speed Up, 27

MOTOGP – 1.º, Yamaha, 108 pontos; 2.º, Honda, 95; 3.º, Ducati, 72; 4.º, Suzuki, 22; 5.º, Aprilia, 19; 6.º, KTM, 8

MOTO3 – 1.º, Honda, 125 pontos; 2.º, KTM, 60; 3.º, Peugeot, 5; 4.º, Mahindra, 2

EQUIPAS – 1.º, Movistar Yamaha MotoGP, 147 pontos; 2.º, Repsol Honda Team, 126; 3.º, Monster Yamaha Tech 3, 93; 4.º, Ducati Team, 92; 5.º, Octo Pramac Racing, 52; 6.º, EG 0,0 Marc VDS, 42; 7.º, LCR Honda, 40; 8.º, Reale Avintia Racing, 31; 9.º, Pull&Bear Aspar Team, Team Suzuki Ecstar, 23; 10.º, Aprilia Racing Team Gresini, 19; 12.º, Red Bull KTM Factory Racing, 12