Tribuna Expresso

Perfil

motos

Miguel Oliveira (KTM) à beira do pódio

No regresso ao traçado onde subiu ao pódio pela primeira vez em Moto3 e onde assinalou a 100.º participação em GP, o português Miguel Oliveira (KTM) ficou à beira do pódio

Partilhar

A correr em casa, o espanhol Alex Marques (Kalex) dominou a corrida de Moto2 de fio a pavio, com o italiano Mattia Pasini (Kalex) e o suíço Thomas Luthi (Kalex) a completarem o pódio.

Miguel Oliveira saiu de sétimo, chegou ao quarto lugar e na fase final da corrida aproximou-se do suíço, que nunca teve em risco o derradeiro lugar do pódio, enquanto o italiano Franco Morbidelli (Kalex), que tem dominado o campeonato, começou bem mas, depois, começou a andar para trás, terminou em sexto e viu a sua vantagem sobre Thomas Luthi descer para sete pontos, enquanto Miguel Oliveira é quarto, a 20 pontos de Alex Marques, que ocupa o terceiro lugar.

Embalado pela vitória da semana passada, em casa (Mugello), o italiano Andrea Dovisiozo (Ducati) venceu na Catalunha, depois de, na primeira parte da corrida, ter seguido o espanhol Dani Pedrosa (Honda) como uma “sombra.

Quando achou que era altura atacou e ultrapassou Dani Pedrosa, que foi ainda passado pelo seu compatriota Marc Marquez (Honda), que assegurou o segundo lugar.

Em Moto3, o comandante do campeonato, o espanhol Joan Mir (Honda) voltou a vencer, o que sucede pela quarta vez, em sete corridas, e aumentou a sua vantagem pontual sobre Romano Fenati (Honda), segundo na Catalunha, para 45 pontos, com outro espanhol Jorge Martin (Honda) a completar o pódio.

Classificações
Corridas
MOTO2 –
1.º, Alex Marquez (Kalex), 23 voltas (107,065 km), em 42’40,592” (150,5 km/h); 2.º, Mattia Pasini (Kalex), a 3,525”; 3.º, Thomas Luthi (Kalex), a 4,452”; 4.º, Miguel Oliveira (KTM), a 5,322”; 5.º, Lorenzo Baldassarri (Kalex), a 9,930”; 6.º, Franco Morbidelli (Kalex), a 14,172”; 7.º, Jorge Navarro (Kalex), a 16,192”; 8.º, Fabio Quartararo (Kalex), a 18,217”; 9.º, Xavi Vierge (Tech 3), a 19,096”; 10.º, Hafizh Syahrin (Kalex), a 19,179”. Classificaram-se mais 18 pilotos

MOTOGP – 1.º, Andrea Dovizioso (Ducati), 25 voltas (116,375 km), em 44’41,518” (156,2 km/h); 2.º, Marc Marquez (Honda), a 3,544”; 3.º, Dani Pedrosa (Honda), 6,774”; 4.º, Jorge Lorenzo (Ducati), a 9,608”; 5.º, Johann Zarco (Yamaha), a 13,838”; 6.º, Jonas Folger (Yamaha), a 13,921”; 7.º, Alvaro Bautista (Ducati), a 16,763”; 8.º, Valentino Rossi (Yamaha), a 20,281”; 9.º, Hector Barbera (Ducati), 23,952”; 10.º, Maverick Viñales (Yamaha), a 24,189”. Classificaram-se mais nove pilotos

MOTO3 – 1.º, Joan Mir (Honda), 22 voltas (102,41 km), em 42’11,846” (145,6 km/h); 2.º, Romano Fenati (Honda), a 0,191”; 3.º, Jorge Martin (Honda), 0,279”; 4.º, Enea Bastianini (Honda), a 0,462; 5.º, Aron Canet (Honda), a 0,674”; 6.º, Marcos Ramirez (KTM), a 0,740”; 7.º, Fabio Di Giannantonio (Honda), a 1,143”; 8.º, Andrea Migno (KTM), a 1,389”; 9.º, Nicolo Bulega (KTM), a 1,662”; 10.º, Tatsuki Suzuki (Honda), a 1,863”. Classificaram-se mais 18 pilotos.

Classificação dos “Mundiais”, depois da prova catalã:
PILOTOS
MOTO2
– 1.º, Franco Morbidelli, 123 pontos; 2.º, Thomas Luthi, 116; 3.º, Alex Marquez, 103; 4.º, Miguel Oliveira, 83; 5.º, Mattia Pasini, 69; 6.º, Francesco Bagnaia, 55; 7.º, Takaaki Nakagami, 41; 8.º, Dominique Aegerter, 46; 9.º, Luca Martini, 41; 10.º, Xavi Vierge, 39. Estão classificados mais 18 pilotos

MOTOGP – 1.º, Maverick Viñales, 111 pontos; 2.º, Andrea Dovizioso, 104; 3.º, Marc Marquez, 88; 4.º, Dani Pedrosa, 84; 5.º, Valentino Rossi, 83; 6.º, Johann Zarco, 75; 7.º, Jorge Lorenzo, 59; 8.º, Jonas Folger, 51; 9.º, Cal Crutchlow, 45; 10.º, Danilo Petrucci, 42. Estão classificados mais 15 pilotos

MOTO3 – 1.º, Joan Mir, 133 pontos; 2.º, Romano Fenati, 88; 3.º, Aron Canet, 85; 4.º, Fabio Di Giannantonio, 80; 5.º, Andrea Migno, 76; 6.º, Jorge Martin, 76; 6.º, John McPhee, 67; 8.º, Marcos Ramirez, 53; 8.º, Juanfran Guevara, 50; 10.º, Enea Bastianini, 49. Estão classificados mais 20 pilotos.


MARCAS
MOTO2
– 1.º, Kalex, 175 pontos; 2.º, KTM, 86; 3.º, Suter, 53; 4.º, Tech 3, 41; 5.º, Speed Up, 39

MOTOGP – 1.º, Yamaha, 139 pontos; 2.º, Honda, 125; 3.º, Ducati, 9122; 4.º, Suzuki, 28; 5.º, Aprilia, 19; 6.º, KTM, 8

MOTO3 – 1.º, Honda, 170 pontos; 2.º, KTM, 95; 3.º, Mahindra, 6; 4.º, Peugeot, 5.


EQUIPAS
MOTOGP
– 1.º, Movistar Yamaha MotoGP, 194 pontos; 2.º, Repsol Honda Team, 172; 3.º, Ducati Team, 163; 4.º, Monster Yamaha Tech 3, 126; 5.º, Octo Pramac Racing, 75; 6.º, EG 0,0 Marc VDS, 49; 7.º, LCR Honda, 45; 8.º, Pull&Bear Aspar Team, 45; 9.º, Reale Avintia Racing, 44; 10.º, Team Suzuki Ecstar, 29; 10.º, Aprilia Racing Team Gresini, 19; 12.º, Red Bull KTM Factory Racing, 12

Próxima prova – Grande Prémio da Holanda, dia 25 de Junho, no Circuito de Assen