Tribuna Expresso

Perfil

motos

Miguel Oliveira (KTM) na terceira linha

Tal como na semana passada, em Brno, o português Miguel Oliveira (KTM) foi no Grande Prémio da Áustria o mais rápido na primeira sessão de treinos livres, que decorreu com o asfalto molhado, mas, com a pista seca, o 'motard' luso não foi além do oitavo tempo na qualificação

Pedro Roriz

Miguel Oliveira na primeira sessão de treinos na Áustria

JURE MAKOVEC/AFP/Getty Images

Partilhar

O italiano Mattia Pasini (Kalex) repetiu a 'pole' de Brno, impondo-se ao italiano Franco Morbidelli (Kalex), o comandante do 'Mundial' de Moto2, pela diferença mínima (0,001”!), com o espanhol Alex Marquez (Kalex) a completar a primeira linha.

Apesar de ter registado o oitavo tempo, o piloto português é o primeiro, à frente do espanhol Xavi Vierge (Tech 3), dos que não tripulam motos Kalex.

O suíço Thomas Luthi (Kalex), segundo no campeonato, não foi além do quinto tempo, atrás, ainda, do italiano Francesco Bagnaia (Kalex), com o seu compatriota Fabio Quartararo (Kalex) a completar a segunda linha.

Apesar de largar do centro da terceira linha, Miguel Oliveira espera melhorar o resultado na corrida.

O comandante do campeonato de MotoGP, o espanhol Marc Marquez (Honda), garantiu a quarta 'pole position' consecutiva, 70.ª da carreira, desta vez à frente do italiano Andrea Dovizioso (Ducati) e do seu compatriota Jorge Lorenzo (Ducati), com as motos italianas a confirmarem a evolução que têm revelado.

Uma semana depois de ter garantido a 'pole position', em Moto3, no traçado checo de Brno, o argentino Gabriel Rodrigo (KTM) repetiu o feito no traçado austríaco de Spielberg, à frente dos espanhóis Juanfran Guevara (KTM) e Aron Canet (Honda), com os três a registarem os seus tempos na derradeira volta.

O espanhol Joan Mir (Honda), que tinha registado o segundo tempo, foi penalizado por ter ultrapassado os limites da pista, e relegado para o 10.º lugar da grelha de partida, mas, o avanço que tem sobre os seus perseguidores, faz com que o facto não seja demasiado penalizador do comandante do campeonato.

Grelhas de partida

MOTO2 – 1.ª linha: Mattia Pasini (Kalex), 1’29,394”; Franco Morbidelli (Kalex), 1’29,395”; Alex Marquez (Kalex), 1’29,570”; 2.ª linha: Francesco Bagnaia (Kalex), 1’29,581”; Thomas Luthi (Kalex), 1’29, 696”; Fabio Quartararo (Kalex), 1’29,855”; 3.ª linha: Isaac Viñales (Kalex), 1’29, 868”; Miguel Oliveira (KTM), 1’29,998”; Xavi Vierge (Tech 3), 1’30,097”. Alinham mais 23 pilotos

MOTOGP – 1.ª linha: Marc Marquez (Honda), 1’23,235”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’23,379”; Jorge Lorenzo (Ducati), 1’23,621”; 2.ª linha: Maverick Viñales (Yamaha), 1’23,754”; Danilo Petrucci (Ducati), 1’23,780”; Johann Zarco (Yamaha), 1’23,879; 3.ª linha: Valentino Rossi (Yamaha), 1’23,982”; Dani Pedrosa (Honda), 1’23,985”; Cal Crutchlow (Honda), 1’24,024”. Alinham mais 15 pilotos

MOTO3 – 1.ª linha: Gabriel Rodrigo (KTM), 1’36,503”; Juanfran Guevara (KTM), 1’36,615”; Aron Canet (Honda), 1’36,690”; 2.ª linha: Enea Bastianini (Honda), 1’36,716”; John McPhee (Honda), 1’36,790”; Bo Bendsneyder (KTM), 1’36,793”; 3.ª linha: Andrea Migno (KTM); 1’36,811”; Philipp Oetil (KTM); 1’36,955”; Fabio Di Giannantonio (Honda), 1’36,967”. Alinham mais 24 pilotos.

Classificação dos “Mundiais”, antes da prova austríaca:

PILOTOS

MOTO2 – 1.º, Franco Morbidelli, 182 pontos; 2.º, Thomas Luthi, 165; 3.º, Alex Marquez, 133; 4.º, Miguel Oliveira, 133; 5.º, Francesco Bagnaia, 87; 6.º, Mattia Pasini, 73; 7.º, Takaaki Nakagami, 69; 8.º, Simone Corsim 63; 9.º, Luca Marini, 54; 10.º, Xavi Vierge, 51. Estão classificados mais 21 pilotos

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez, 154 pontos; 2.º, Maverick Viñales, 140; 3.º, Andrea Dovizioso, 133; 4.º, Valentino Rossi, 132; 5.º, Dani Pedrosa, 123; 6.º, Johann Zarco, 88; 7.º, Jonas Folger, 77; 8.º, Danilo Petrucci, 75; 9.º, Cal Crutchlow, 75; 10.º, Jorge Lorenzo, 66. Estão classificados mais 15 pilotos

MOTO3 – 1.º, Joan Mir, 190 pontos; 2.º, Romano Fenati, 148; 3.º, Aron Canet, 126; 4.º, John McPhee, 93; 5.º, Jorge Martin, 89; 6.º, Marcos Ramirez, 89; 7.º, Fabio Di Giannantonio, 85; 8.º, Andrea Migno, 83; 9.º, Juanfran Guevara, 69; 10.º, Enea Bastianini, 59. Estão classificados mais 21 pilotos.

MARCAS

MOTO2 – 1.º, Kalex, 250 pontos; 2.º, KTM, 136; 3.º, Suter, 66; 4.º, Speed Up, 63; 5.º, Tech 3, 57

MOTOGP – 1.º, Yamaha, 200 pontos; 2.º, Honda, 191; 3.º, Ducati, 162; 4.º, Aprilia, 42; 5.º, Suzuki, 40; 6.º, KTM, 23

MOTO3 – 1.º, Honda, 245 pontos; 2.º, KTM, 134; 3.º, Mahindra, 11; 4.º, Peugeot, 5.

EQUIPAS

MOTOGP – 1.º, Repsol Honda Team, 277; 2.º, Movistar Yamaha MotoGP, 272 pontos; 3.º, Ducati Team, 199; 4.º, Monster Yamaha Tech 3, 155; 5.º, Octo Pramac Racing, 108; 6.º, LCR Honda, 75; 7.º, Pull&Bear Aspar Team, 67; 8.º, EG 0,0 Marc VDS, 66; 9.º, Reale Avintia Racing, 52; 10.º, Aprilia Racing Team Gresini, 42; 11.º, Team Suzuki Ecstar, 41; 12.º, Red Bull KTM Factory Racing, 29