Tribuna Expresso

Perfil

motos

Miguel Oliveira na luta pela “pole”

O japonês Takaaki Nakagami (Kalex) conseguiu, na derradeira volta, assegurar a “pole position” para a corrida de Moto2, depois de uma sessão de qualificação dominada pelo português Miguel Oliveira (KTM) e o malaio H Syahrin

Pedro Roriz

Miguel Oliveira (KTM)

Getty

Partilhar

O duelo luso-malaio foi intenso com os dois pilotos a alternarem no topo da tabela de tempos, mas, com a pista a secar, os derradeiros minutos foram decisivos e, nessa altura, nem Miguel Oliveira, nem Hafizh. Syahrin (Kalex) conseguiram resistir ao “assalto” do japonês, que assegurou a primeira “pole” de um piloto local, no traçado de Motegui, em Moto2, do espanhol Alex Marquez (Kalex) do francês Xavier Vierge (Kalex) e do italiano Mattia Pasini (Kalex).

Como curiosidade e a demonstrar as dificuldades que o traçado japonês apresentava, face à instabilidade das condições atmosféricas, o italiano Franco Morbidelli (Kalex), comandante no “Mundial”, não foi além do 18.º lugar, de longe a sua pior qualificação da temporada.

Na categoria rainha, o francês Johann Zarco (Yamaha), que está a fazer a primeira temporada em MotoGP, assegurou a primeira posição da grelha, à frente do italiano Danilo Petrucci (Ducati) e do espanhol Marc Marquez (Honda), numa primeira linha ocupada por três motos de marcas diferentes.

O italiano Valentino Rossi (Yamaha) arriscou a utilização de pneus “slicks”, mas a opção acabaria por revelar-se nefasta uma vez que o piloto da marca dos três diapasões não conseguiu melhor que o 12.º tempo.

Em Moto3, o italiano Nicolo Bulega (KTM) confirmou a superioridade demonstrada nas sessões de treinos livres e, indiferente às condições de aderência do asfalto, assegurou a “pole position”, o que acontece pela segunda vez na sua carreira, com a primeira a acontecer no GP de Espanha de 2016.

O seu compatriota Niccolo Antonelli (KTM), afastado da primeira linha desde a corrida de Silverstone, em 2016, e o espanhol Aron Canet (Honda) completam a primeira linha da grelha, com o destaque a ir para o quarto tempo do italiano Marco Bezzecchi (Mahindra) e nono do seu compatriota Manuel Pagliana (Mahindra), com os italianos a aproveitarem o trabalho feito por Miguel Oliveira, quando esteve na marca indiana.

Grelhas de partida

MOTO2 – 1.ª linha: Takaaki Nakagami (Kalex), 1’53,776”; Alex Marquez (Kalex), 1’53,904”; Xavier Vierge (Tech 3), 1’54,046” 2.ª linha: Mattia Pasini (Kalex), 1’54,139”; Miguel Oliveira (KTM), 1’54,289”; Hafizh Syahrin (Kalex), 1’54,362” 3.ª linha: Sandro Cortese (Suter), 1’54,409; Marcel Schrotter (Suter), 1’55,181”; Xavier Simeon (Kalex), 1’55,220”. Alinham mais 24 pilotos

MOTOGP – 1.ª linha: Johann Zarco (Yamaha), 1’53,469”; Danilo Petrucci (Ducati), 1’53,787”; Marc Marquez (Honda), 1’53,903”; 2.ª linha: Aleix Espargaro (Aprilia), 1’53,947”; Jorge Lorenzo (Ducati), 1’54,235”; Dani Pedrosa (Honda), 1’54,342”; 3.ª linha: Bradley Smith (KTM); 1’54,872”; Pol Espargaro (KTM); 1’54,906”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’55,064”; Alinham mais 15 pilotos

MOTO3 – 1.ª linha: Nicolo Bulega (KTM), 2’09,320”; Niccolo Antonelli (KTM), 2’09,592”; Aron Canet (Honda), 2’09,708”; 2.ª linha: Marco Bezzecchi (Mahindra), 2’09,797”; Enes Bastianini (Honda), 2’09,846”; Romano Fenati (Honda), 2’09,891”; 3.ª linha: Jorge Martin (Honda), 2’10,152”; Gabriel Rodrigo (KTM); 2’10,227”; Manuel Pagliani (Mahindra), 2’10,305”. Alinham mais 22 pilotos.