Tribuna Expresso

Perfil

Multimédia

Federação abre inquérito ao Estoril-FC Porto 

A 2.ª parte do Estoril-Porto está marcada para 21 de fevereiro, mas a equipa da casa até pode ser penalizada antes. A Federação Portuguesa de Futebol abriu um inquérito ao que se passou segunda-feira no Estádio António Coimbra da Mota.

Partilhar

No final da reunião entre várias entidades chegou-se a um entendimento esta terça-feira: o jogo que foi suspenso ao intervalo quando o Estoril vencia o FC Porto 1-0 vai ser retomado a 21 de fevereiro, às 18:00.

O acordo alcançado não impediu o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol de abrir um processo de inquérito para apurar responsabilidades. No limite e se lhe for atribuídas responsabilidades, o Estoril pode ser punido com uma derrota como está previsto no regulamento disciplinar da Liga.

Com o FC Porto envolvido em várias em competições - Taça da Liga, Taça de Portugal e Liga dos Campeões e campeonato - não foi fácil definir uma data.

Quanto à segunda parte em falta podem existir novidades nas equipas. No FC Porto, Otávio e Brahimi, que ficaram de fora por lesão podem ser utilizados por Sérgio Conceição nessa segunda parte se recuperarem até lá. Em situação idêntica estão os seis jogadores lesionados no Estoril.

Certa será a ausência de Kléber do Estoril, avançado brasileiro que estava castigado. O regulamento impede um jogador que inicialmente estava suspenso de ser opção para a conclusão do encontro.